Diretor da Copasa visita obras no Vale do Aço

169
Albino explicou os detalhes construtivos da obra para o diretor Frederico Delfino e o secretário de Planejamento de Santana do Paraíso, Everaldo da Silva. 

Frederico Delfino, diretor de Operação Sul da Companhia, visitou as obras de esgotamento sanitário de Timóteo, Coronel Fabriciano e Santana do Paraíso, onde os investimentos da Companhia somam R$ 121 milhões.

No último sábado (15/06), o diretor de Operação Sul da Copasa Frederico Delfino visitou as obras dos sistemas de esgotamento sanitário de Timóteo, Coronel Fabriciano e Santana do Paraíso. Albino Campos, superintendente da empresa no Vale do Rio Doce e Vale do Aço; Rodrigo Ferreira, gerente do Distrito Regional Vale do Aço, e engenheiros da Companhia apresentaram os detalhes construtivos dos empreendimentos ao diretor e aos secretários de Planejamento dos municípios de Timóteo e de Santana do Paraíso, Fabrício Araújo e Everaldo da Silva, respectivamente.

- PUBLICIDADE -

Com um investimento de R$ 103 milhões, a obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Sistema Integrado de Timóteo e Coronel Fabriciano, localizada no bairro Limoeiro, em Timóteo, irá beneficiar em torno de 165 mil pessoas em ambas as cidades. No momento, a Companhia aguarda a emissão da licença de operação pela Superintendência Regional de Regularização Ambiental do Leste Mineiro (Supram LM) para dar início à operação da ETE e ao tratamento dos esgotos das cidades.

Em Santana do Paraíso, a Copasa está investindo na melhoria e ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da bacia hidrográfica do Córrego Garrafa. Com investimentos da ordem de R$ 18 milhões, o empreendimento, iniciado em junho de 2018, será concluído até o primeiro semestre de 2020, e beneficiará cerca de 26 mil moradores paraisenses dos bairros Industrial, Águas Claras, Jardim Vitória, Cidade Verde, Bom Pastor, Parque Veneza, Parque Caravelas, Chácaras do Vale e Cidade Nova.

“Ao tratar o esgoto, estamos investindo na melhoria da saúde, bem-estar das pessoas e no meio ambiente. É um compromisso da Copasa com a população do Vale do Aço. Os investimentos irão retornar para a população na forma da qualidade da prestação de nossos serviços”, destaca o diretor Frederico Delfino.

Da direita para a esquerda: engenheiro responsável pela fiscalização da obra do sistema de esgotamento sanitário de Timóteo e Coronel Fabriciano, Douglas Macedo; gerente do Distrito Regional Vale do Aço, Rodrigo Ferreira; o engenheiro de Projetos e Obras, Miguel Cantarino; diretor de Operação Sul, Frederico Delfino; o secretário de Planejamento da Prefeitura de Timóteo, Fabrício Araújo; e o Superintendente Operacional do Vale do Rio Doce e Vale do Aço, Albino Campos.

Crédito: Acervo Copasa

Infraestrutura das obras

As obras do Sistema Integrado de Timóteo e Coronel Fabriciano contemplaram a construção de 11.500 metros de redes coletoras de esgoto; 31.160 metros de interceptores; 10 estações elevatórias de esgoto bruto; 7.200 metros de linhas de recalque; uma Estação de Tratamento de Esgoto; um laboratório para realização das análises de esgoto, além de aquisição de materiais, terrenos e equipamentos.

Já o empreendimento de Santana do Paraíso contempla a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto composta de tratamento preliminar, duas lagoas anaeróbias e duas lagoas facultativas, além de 26.866 metros de interceptores de esgoto; 4.691 metros de redes coletoras de esgoto; 462 metros de emissário final, que lançará o efluente tratado no rio Doce, 300 ligações prediais de esgoto e duas estações elevatórias de esgoto.

Da direita para a esquerda: Albino Campos, superintendente Operacional do Vale do Rio Doce e Vale do Aço; o secretário de Planejamento da Prefeitura de Santana do Paraíso, Everaldo da Silva; diretor de Operação Sul, Frederico Delfino; Rodrigo Ferreira, gerente do Distrito Regional Vale do Aço; Rafaella Santos, engenheira de Projetos e Obras; Miguel Cantarino, engenheiro de Projetos e Obras; José Geraldo e Jânio da empresa contratada para a execução da obra.
Da direita para a esquerda: Albino Campos, superintendente Operacional do Vale do Rio Doce e Vale do Aço; o secretário de Planejamento da Prefeitura de Santana do Paraíso, Everaldo da Silva; diretor de Operação Sul, Frederico Delfino; Rodrigo Ferreira, gerente do Distrito Regional Vale do Aço; Rafaella Santos, engenheira de Projetos e Obras; Miguel Cantarino, engenheiro de Projetos e Obras; José Geraldo e Jânio da empresa contratada para a execução da obra.

 Crédito: Acervo Copasa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui