Alunos de escolas municipais conquistam medalhas na Olimpíada de Astronomia

12

Estudantes da rede municipal de ensino de Ipatinga foram premiados na 23ª. Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em decorrência do atual cenário mundial da saúde e obedecendo todos os protocolos sanitários, as competições foram realizadas de forma virtual. 

- PUBLICIDADE -

A competição tem o objetivo principal de difundir o conhecimento astronômico junto à sociedade brasileira, fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia e pela Astronáutica e ciências afins. 

Ao todo, 52 medalhas foram recebidas pelos alunos das escolas Zélia Duarte Passos, Paulo Freire, Padre Cícero de Castro, João Amparo Damasceno e Maria Rodrigues Barnabé. 

A OBA ocorre simultaneamente nas escolas inscritas, em uma única fase, com a aplicação de uma prova dividida em quatro níveis. O teste envolve estudantes desde os anos iniciais até o último ano do Ensino Médio. 

Os participantes recebem um certificado e os melhores classificados ganham medalhas de bronze, de prata e de ouro.

O secretário de Educação de Ipatinga, Sérgio Mendes, parabeniza todos os estudantes, professores e gestores que direta ou indiretamente contribuíram para os expressivos resultados obtidos na competição. “Esperamos que essas conquistas sirvam de inspiração para continuarmos os projetos que visam a participação dos nossos alunos nas diversas olimpíadas de conhecimento. Enxergamos essas oportunidades como porta de acesso a muitas possibilidades para que os alunos possam trilhar os melhores caminhos na vida escolar”, avalia o secretário. 

A cerimônia de entrega das medalhas e do certificado vai acontecer, em data a ser agendada, no Parque da Ciência do município, local onde os alunos da rede pública galgam degraus importantes no aprendizado científico, notadamente na área da astronomia.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui