Alunos do 3º ano da Escola Mayrink Vieira lançam livro Via das Estações

19

Livro é fruto do trabalho da professora aldravianista Carla Sélos

Ir além dos ensinamentos escolares, incluir os estudantes no ambiente da poesia e motivá-los a redigir suas próprias aldravias, gênero literário, estudado por estudantes do 3º ano do ensino fundamental da Escola Mayrynk Vieira, que acabou virando o livro Via das Estações, que será lançado nesta sexta-feira, (26/11) no Plenário da Câmara de Ipatinga às 19h. 

- PUBLICIDADE -

Organizado pela professora e poeta aldravianista Carla Sélos, o livro Via das Estações é bilingue e fala sobre as estações do ano. Cada alunos redigiu quatro aldravias, uma para cada estação e também foi ilustrado pelos estudantes.

Carla Sélos explica que esta é a terceira edição feita em parceria com a escola Mayrink e que os trabalhos com as crianças começaram ainda quando as aulas estavam on line, no mês de fevereiro. “Preparamos tudo com muito carinho, pudemos trabalhar o tema da maneira mais gratificante possível, com um envolvimento enorme dos alunos e muitas expectativas para o livro, que é a primeira obra autoral dessas crianças que, no futuro, serão marcadas pela poesia, sensibilidade, criatividade e aprendizado”, disse a professora. 

as ilustrações da obra também foram feitas pelos estudantes que se reúnem amanhã, em noite de autógrafos. São dezoito alunos aldravianistas mirins.

Aldravia é um genêro literário surgido nos anos 2000 caracterizado pela inserção da poesia com o mínimo de palavras, sendo um vocábulo em cada linha e podendo ter, no máximo, seis linhas. 

Segundo a mãe do estudante Patrick Contão, foi maravilhoso acompanhar esse processo. “As crianças estão muito felizes, contando sobre as aldravias a todo instante, e sobre os coleguinhas de turma. Reconhecemos a dedicação da professora Carla e estamos muito gratos”, disse Erika. 

Já a aluna Mariana Silva, explicou que devido às regras sanitárias, a noite de autógrafos é restrita aos familiares, mas que todos podem acompanhar ao vivo pelo youtube da escola. “Me sinto muito feliz e não vejo a hora de lançar esta obra”, disse Mariana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui