BARÃO DE COCAIS: Câmara de Fabriciano quer plano de emergência da Copasa e Vale do Rio Doce

183

Com a notícia do possível rompimento da barragem de Gongo Soco, em Barão Cocais, preocupação expressa em um ofício da Companhia de Saneamento Básico de Minas – COPASA, enviado nesta quinta-feira (27), ao presidente da Câmara Municipal de Coronel Fabriciano, Adriano Martins, o Legislativo Fabricianense já se movimenta para solicitar da COPASA e Vale do Rio Doce, um Plano de Ação caso o fato se concretize, visto que o abastecimento de água nas cidades de Fabriciano e Timóteo poderá ficar comprometido.

Se dizendo perplexo com o anúncio feito pela COPASA, o presidente da Câmara, Adriano Martins, concedeu entrevista na tarde desta sexta-feira (28), para informar que já acionou o setor jurídico do Legislativo, no sentido de oficializar a COPASA, Vale do Rio Doce e Defesa Civil de Coronel Fabriciano, no sentido de viabilizar um Plano de Ação Emergencial, já que os 11 poços da COPASA no Bairro Mangueiras poderão ser afetados, porque o Rio Piracicaba está na rota da tragédia.

- PUBLICIDADE -

“Não se trata mais de um desenho hipotético de um possível rompimento, todos os estudos da própria empresa Vale do Rio Doce apontam para um novo desastre com possibilidades de afetar inúmeras comunidades com a contaminação dos mananciais de captação de água”, destacou Adriano Martins,  pontuando que é chegado o momento de manter para tranquilidade da população do município, um plano de ação mesmo sendo de caráter preventivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui