Cem mil pessoas passaram pelo Parque Ipanema nas comemorações do aniversário de Ipatinga

176

Mesmo com a presença marcante do público nas festividades dos 55 anos da cidade, a PM não registrou nenhuma ocorrência de anormalidade

- PUBLICIDADE -

O Amor e o Orgulho de viver em Ipatinga, slogan oficial do governo atual do município, foram demonstrados também com o espírito pacífico da população que participou maciçamente das festividades de comemoração dos 55 anos de Ipatinga, durante os três últimos dias de abril, no Parque Ipanema. O sucesso da programação foi tão grande que de sábado (27) até a noite dessa segunda-feira (29), nada menos do que 100 mil pessoas passaram pelo principal cartão postal da cidade. E, de forma impressionante, não houve um único registro de ocorrência policial. As atividades foram realizadas em parceria com 36 empresas da iniciativa privada.

Além de uma organização impecável, a presença ostensiva de policiais militares e civis, com moderno aparato de segurança, foi fator determinante para manter a ordem e inibir eventuais infrações durante a festa. Uma plataforma móvel dotada de uma central de inteligência funcionou no Parque durante todo o dia e a noite nos três últimos dias de programação.

“Estou trabalhando para fazer do Parque Ipanema um lugar seguro, onde as famílias possam ficar durante a noite e não precisar se preocupar com o quesito segurança. E durante os dias de festividade essa preocupação foi redobrada. Por isso a PM trouxe o que há de mais moderno para o Parque, um ônibus com oito câmeras de monitoramento 360 graus, que acomoda três policiais, capaz de fazer a vigilância em um raio até de três quilômetros. Alegro-me em saber que não tivemos nenhum problema nos dias da festa e, mais que isso, segundo a polícia, não houve registro de ocorrência sequer durante todo o mês de abril”, disse satisfeito o prefeito Nardyello Rocha, que também agradeceu o público por atender ao convite do governo para prestigiar a programação especial.

Minas ao Luar

Para fechar a programação de aniversário da cidade, na noite dessa segunda-feira uma grande multidão se divertiu com dois shows gratuitos oferecidos dentro do projeto ‘Minas ao Luar’.

A avenida Roberto Burle Marx foi tomada por uma alegria contagiante. A animação era por conta do samba e pagode da banda Bolêros, do Vale do Aço, e em seguida a apresentação de Wilson Sideral com o show Tropical Blues, recheado de clássicos da música brasileira em versão blues.

O prefeito Nardyello Rocha esteve presente nas duas atrações musicais, ao lado dos filhos e de sua esposa, a primeira-dama Aline Franco Rocha. O ‘Minas ao Luar’ em Ipatinga é uma realização do Sesc em Minas, com a parceria da InterTV dos Vales, do Sindicato do Comércio do Vale do Aço (Sindcomércio) e Prefeitura. 

Programação

As comemorações na data oficial de aniversário de Ipatinga, 29 de abril, começaram pela manhã. A solenidade de abertura das festividades dos 55 anos ocorreu no galpão principal do Parque, com apresentações culturais de estudantes de 16 escolas da rede pública municipal, ao mesmo tempo em que se desenvolvia também por diversas ruas o evento religioso Marcha para Jesus, o padroeiro da cidade.

Após o Parabéns ao som da banda de música TOM, chegou a hora mais esperada: a partilha do bolo gigante de 55 metros. Desde as 8h da manhã, várias pessoas se  juntaram às tendas erguidas para proteger a guloseima, montada durante a madrugada. Pesando mais de 1,3 tonelada, o bolo de 55 metros tinha o sabor de doce de leite com ninho e foi produzido numa parceria com uma empresa do setor supermercadista. Devidamente paramentadas, protegidas por máscaras e toucas, cerca de 300 pessoas estiveram envolvidas na distribuição, sendo 98 cantineiros e 200 voluntários de entidades.

Também como parte da programação de comemoração dos 55 anos da cidade, o Parque Ipanema ganhou mais um interessante elemento decorativo. Na área central, próximo à lagoa, tendo o cata-vento ao fundo, as pessoas agora podem se fotografar junto ao letreiro “Eu Amo Ipatinga”, posando dentro de um coração.

 

A estrutura em aço, com 5,5 metros de largura por 3 metros de altura, nas cores do município, foi um presente da Fundação São Francisco Xavier.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui