CENIBRA promove campanha preventiva sobre uso de celular no trânsito

56

Hábito moderno que se tornou uma das principais causas de acidente no trânsito, o uso de aparelhos celulares ao dirigir é o novo alvo da campanha anual da CENIBRA sobre segurança nas estradas. As ações educativas promovidas pela Empresa iniciaram-se no Natal e vão até o Carnaval, período no qual as rodovias estão mais movimentadas. 

- PUBLICIDADE -

Além de ser proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso de celular no trânsito é uma atitude perigosa. De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), usar celular ao dirigir é a terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil. Acidentes envolvendo automóveis causam cinco mortes no país a cada hora, informa o Conselho Federal de Medicina (CFM).

Com o mote “Não use o celular ao dirigir. Sua vida não tem película de proteção”, a campanha da CENIBRA conta com a colaboração das empresas parceiras que estão envolvidas nos processos de logística florestal, infraestrutura de estradas, manutenção de equipamentos florestais e transporte de pessoas e está sendo realizada nas rodovias BR-381 e LMGs 758 e 458, principais estradas nas áreas de atuação da Empresa. 

As ações são feitas por voluntários das empresas participantes, que fazem blitze educativas e distribuem brindes alusivos à campanha, bem como dão orientação aos motoristas quanto à importância de adotar hábitos seguros ao dirigir.

Cuidados com o veículo

Ao viajar, é preciso ficar atento a uma série de cuidados com o veículo. Sempre faça uma revisão e confira as condições do carro, como nível do óleo, água, fluidos, pressão dos pneus, estepe, estado das luzes, alinhamento, balanceamento e condição das bandas de rodagem.

Em período de chuvas, é preciso ficar mais atento ao desgaste dos pneus. Esteja sempre preparado, desde a documentação do motorista e do veículo até roteiro da viagem, mapas e tempo de percurso. Sempre viaje descansado e bem alimentado, faça pausas regulares e, se possível, revesse a direção com outra pessoa.

Celular no trânsito gera multa 

Dirigir o veículo usando fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou com telefone celular é considerado infração de trânsito média e está sujeito a quatro pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 85,13. 

Se o condutor estiver segurando ou manuseando o celular, a infração se torna gravíssima e o valor da multa sobe para R$ 293,47, além de acarretar perda de sete pontos na CNH.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui