Chuva de 60 mm desencadeia nova operação emergencial em Ipatinga 

51
A enxurrada carreou lixo para bocas de lobo, que tiveram que ter as grelhas desobstruídas para liberar a vazão das águas

Equipes da PMI e empresas prestadoras de serviços agem com rapidez para atender regiões mais críticas afetadas pelo temporal

- PUBLICIDADE -

Servidores de diversas secretarias municipais, com o apoio também de empresas prestadoras de serviços, trabalharam intensivamente e com agilidade, desde as primeiras horas desta quarta-feira (11), em ações corretivas e preventivas em toda a cidade, visando solucionar problemas causados pelas intensas chuvas que caíram sobre Ipatinga no final da noite de terça-feira (10). Segundo dados da Defesa Civil, o forte temporal que durou aproximadamente 1h30m representou uma precipitação pluviométrica de nada menos que 60 milímetros. Houve pontos alagamentos provocados pelo carreamento de lama e lixo para bocas de lobo. Os bairros mais atingidos pela chuva foram o Bethânia, Canaã, Canaãzinho, Caravelas, Cidade Nobre e Veneza. 

Ao percorrer as áreas mais críticas atingidas pela tempestade, o prefeito Nardyello Rocha procurou identificar as causas dos problemas ocorridos. 

 

“Na avenida Getúlio Vargas, no Caravelas, além de sacolas foram encontrados objetos como placas de trânsito, tênis e panos dificultando a passagem da água por algumas grelhas.  Os bueiros, que foram alvo de trabalho preventivo, não se encontravam entupidos. É importante lembrar que no ano passado realizamos a limpeza de mais de 4.000 bocas de lobo em todo o município, além de manter as galerias completamente livres de matos e entulhos, objetivando facilitar a drenagem das águas. E continuamos apelando à colaboração da população para procurar descartar corretamente o lixo doméstico e comercial, de modo a nos ajudar a proteger a coletividade. De qualquer forma, estamos checando todos os pontos onde se verificaram os problemas mais graves, para evitar que uma nova chuva volte a gerar transtornos. O dado positivo é que, felizmente, não houve nenhum caso de desabrigo ou desalojamento de famílias”, relatou o prefeito. 

O Executivo ainda enfatizou que o governo municipal mantém um plantão de monitoramento de encostas, chamando a atenção para a importância dos muros de arrimo que estão sendo construídos na cidade exatamente para proteger áreas de risco. “Problemas históricos estão sendo solucionados com estas obras. Queremos dar segurança a toda a população. Não por acaso o programa Nova Ipatinga, já em andamento, prevê a construção de cerca de 170 muros de arrimo”, salientou Nardyello. 

As principais ações da Prefeitura, na manhã desta quarta-feira, se concentraram na limpeza e desobstrução de vias no Caravelas; avenida Gerasa, próximo ao Residencial Ayrton Senna; avenida Maanaim, região do Parque das Cachoeiras e ponte de acesso ao Barra Alegre, BR-381 próximo à estação ferroviária e rua Hebreus, no Canaãzinho. Foi executada também a retirada de árvores que tombaram sobre a pista, em alguns trechos. Outros locais com pequena concentração de lama também estão sendo atendidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui