Contém Cultura abre programação de maio com Paraísos Artificiais

60

Amanhã, 3, a sala de cinema do Bugre exibe, às 18h30, Paraísos Artificiais, romance que conta a história de Érika, uma jovem DJ que, acompanhada de Lara, vai a um festival de música eletrônica. Lá, elas conhecem Nando em uma noite com drogas, álcool e experiências que marcarão a vida dos três jovens para sempre.

- PUBLICIDADE -

Nildo e Alonso são catadores cujas almas vagam atrás de sonhos e medos jogados fora em busca de um motivo para viver. Junto com o cavalo Ruminante, os dois dividem histórias fantásticas e surreais em Minutos Atrás, filme que será exibido no dia 4, às 15h.

O drama Júlio Sumiu será a atração do dia 8, às 18h30. A obra fala de Edna que tem seu filho Júlio feito refém por Tião Demônio, o chefão do tráfico de um morro, onde Edna é surpreendida por um tiroteio ao tentar negociar a liberdade do filho.

Tropa de Elite vai pra telona do Contém Cultura às 18h30 do dia 10 de maio. O gênero policial fala do capitão da força especial da Polícia Militar do Rio de Janeiro que treina dois recrutas novatos para que possam sucedê-lo.

O drama Marias, que ganhou tradução em Libras para ser exibido no Contém, será projetado no dia 11, às 15h. A obra é um retrato da devoção à Maria na América Latina. Passando por Brasil, Cuba, México, Peru e Nicarágua, acompanha as festas das padroeiras desses países, observando as semelhanças e diferenças entre suas culturas.

Em uma mesma noite, cinco pessoas de uma cidadezinha do interior são acometidas por um mesmo pesadelo envolvendo um homem sinistro e um tesouro enterrado.  Essa é a história chave de O Homem que não dormia, do gênero drama, que será projetado no dia 15, às 18h30.

No dia 17, às 18h30, será exibido Mato sem cachorro, romance que fala de um homem que, no dia em que quase atropela um filhote, ele encontra o amor de sua vida. O casal e seu cachorro vivem um sonho, até ela não querer mais.

No século 19, em um lugar do interior do Brasil, um fazendeiro se responsabiliza pela educação da filha de um de seus colonos. Anos depois, a moça retorna do colégio acompanhada de uma freira e o fazendeiro faz de tudo para que ela não reconheça seus pais. Essa é a história narrada pela comédia o Jeca e a Freira, que está na programação do dia 18, às 15h

O dia 22 trará Redentor. O filme fantasia será apresentado às 18h30 apresentando a história de amigos separados por rivalidade na infância e que se encontram mais tarde na vida. Um deles recebeu uma visão de Deus e quer convencer seu amigo a ajudar pobres e mendigos para se redimir de um erro do passado.

O drama Cão sem Dono será a atração do dia 24, às 18h30. O filme conta a história do encontro entre Ciro, um jovem que passa por uma crise existencial marcada por ceticismo e falta de planos, e Marcela, uma modelo ambiciosa em início de carreira que se dedica totalmente ao trabalho, adiando todos os outros sonhos que tem.

A Grande Família promete levar muitas risadas à sala multicultural no dia 25. A comédia será exibida às 15h contando a história de Lineu que, impressionado com a morte de um colega de trabalho, passa mal e vai ao médico. Ele acha que morrerá em breve e se deprime, recusando-se a ir ao tradicional baile em que conheceu Nenê. Sentindo-se rejeitada, ela convida um ex-namorado para provocar o marido.

O gênero policial continuará em evidência no Contém Cultura no dia 29, com a exibição de Tropa de Elite 2, às 18h30. O filme, sequência de Tropa de Elite, destacando o Capitão Nascimento, agora mais experiente, que trabalha como sub-secretário de Inteligência na secretaria de Segurança do Rio de Janeiro.

No último dia do mês, no dia 31, às 18h30, ganha espaço no Contém Cultura Do começo ao fim, que lança luz sobre a história de dois meio-irmãos que desenvolvem uma relação muito estreita, enquanto crescem em uma família idílica e feliz. Quando eles se tornam jovens adultos seu relacionamento fica muito íntimo, romântico e sexual.

Segundo destaca a proponente do Contém Cultura, Luciana Profiro, a programação do espaço multicultural se mantém fiel aos seus objetivos, dentre os quais ela destaca o de democratizar o acesso a produções nacionais e estimular o espírito crítico do público por meio de debates sobre os temas apresentados nessas produções. “Para isso, diversificamos bem a programação, com a exibição de títulos dos mais variados gêneros e que possam agradar a todos”, enfatiza Luciana.

O Contém Cultura é patrocinado pela Cenibra, via Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Seguem mais fotos de Paraísos Artificiais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui