Coronavírus: Unimed Vale do Aço implanta fluxos e faz alterações em suas unidades

46

Em virtude da pandemia de COVID-19, o Coronavírus, e embasada nas orientações dos órgãos de Saúde Pública, em nível nacional, visando conter a disseminação do novo coronavírus SARS-Cov-2 e preservar a saúde coletiva, a Unimed Vale do Aço implantou uma série de fluxos e alterações físicas. As mudanças, que estão em execução desde o início do alerta em relação a doença, foram intensificadas tanto no Hospital Metropolitano Unimed, em Coronel Fabriciano, quanto em suas demais unidades em todo Vale do Aço.

- PUBLICIDADE -

Além do cancelamento de visitas para pacientes internados e restrições de acompanhantes no Pronto Atendimento, a Unimed Vale do Aço também suspendeu as cirurgias eletivas e atendimentos ambulatoriais nos NEDs e APS. No HMU, para evitar o contato de pacientes com sintomas respiratórios e pacientes com outras demandas hospitalares, foi realizado um remanejamento das formas de acesso à unidade. No Pronto Atendimento foram feitas alterações, com a criação de um acesso exclusivo para pacientes com sintomas respiratórios. Já para a UTI, o boletim médico é passado a um familiar do paciente todos os dias as 10h30.

Os programas oferecidos gratuitamente pela Unimed Vale do Aço, como o projeto Viva Bem, que desenvolve atividades junto a idosos, e as ações do Setor de Saúde Integral, como o curso de Apoio a Gravidez, Programa Vida Saudável entre outros, também foram suspensos por tempo indeterminado.

A Unimag, Centro de Diagnóstico por Imagem, suspendeu suas atividades no Vale do Aço. 

Um telefone para atendimento aos beneficiários também foi disponibilizado. Clientes Unimed podem entrar em contato todos os dias da semana pelo (31) 2136-8668.

A Unimed Vale do Aço acrescenta esta atenta as diretrizes da Agência Nacional de Saúde Suplementar e do Ministério da Saúde, principalmente aquelas relacionadas aos atendimentos de beneficiários. Nos próximos dias, conforme a implantação das mudanças, a cooperativa divulgará em seus canais oficiais as mudanças determinadas.

A Unimed Vale do Aço reforça que é fundamental que todos cumpram as recomendações do Ministério da Saúde quanto ao isolamento domiciliar, tanto para a própria segurança quanto para a segurança daqueles que estão enquadrados nos grupos de risco, como idosos e pessoas com quadros crônicos de saúde. Esse é um momento em que toda a população deve se unir, adotando medidas de prevenção para minimizar a disseminação do COVID-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui