Covid-19: Ipatinga inicia nesta quinta o agendamento dos adolescentes sem comorbidades com 16 e 17 anos

21

Alcançando agora um amplo grupo de adolescentes, município sustenta liderança no Estado em relação às faixas etárias assistidas

- PUBLICIDADE -

Começa nesta quinta-feira (9), em Ipatinga, o agendamento dos adolescentes acima de 16 anos sem comorbidades para receberem imunizantes contra a Covid-19. A Secretaria de Saúde definiu também que serão vacinados os adolescentes de 12 a 17 anos privados de liberdade.

Para ser vacinado, basta que o adolescente em liberdade compareça à Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, acompanhado de um responsável. Já os adolescentes institucionalizados serão vacinados nas próprias organizações em que estão sendo atendidos.   

 

Para este público, será aplicada exclusivamente a vacina da Pfizer que, no momento, é a única no país que já obteve autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar pessoas abaixo de 18 anos.

O secretário de Saúde do município, Cléber de Faria, explica que é uma determinação da administração avançar semanalmente na vacinação por faixa etária, com critério e segurança, tão logo novas remessas cheguem à rede local. 

“Continuamos trabalhando de forma árdua para vacinar todos os nossos munícipes o mais rapidamente possível. Já vacinamos mais de 80% da população com a primeira dose, e assim sustentamos a condição de município que mais evolui no Estado em relação às faixas etárias atendidas”, informa o secretário. 

VACINÔMETRO

O balanço da tarde desta quarta-feira (8) apontou nada menos do que 231.431 doses de vacinas aplicadas no município. Sendo que da primeira dose são 166.776, e da segunda dose, 60.081. Há, ainda, mais 4.574 aplicações de dose única.

GRUPOS PRIORITÁRIOS

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já havia iniciado a aplicação da primeira dose de imunizantes para os adolescentes de 12 a 17 anos com autismo, portadores de deficiência, síndrome de down e pacientes da diálise. Ainda, o município já havia anunciado o início da vacinação para adolescentes nesta faixa etária com comorbidades ou imunodeficiências definidas pelo Ministério da Saúde, gestantes e puérperas. Agora, chegou a vez dos adolescentes sem comorbidades e aqueles privados de liberdade. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui