Covid-19: Ipatinga testa pela segunda vez os profissionais da linha de frente de saúde

21

Mesmo não sendo um protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde, por questão de segurança o município optou por checar condições dos servidores da linha de frente

- PUBLICIDADE -

Pela segunda vez em pouco mais de um mês, a Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria de Saúde, irá realizar a partir desta quinta-feira (25) a testagem de Covid-19 de cerca de 2580 profissionais que compõem a linha de frente dos serviços na área. O objetivo é identificar com mais exatidão o nível de circulação do novo Coronavírus em Ipatinga e também os eventuais focos de contágio da doença.

Este tipo de testagem utiliza amostra de sangue, e o resultado pode ser verificado poucos minutos após a realização da coleta de material.

Além daqueles que trabalham nas 21 Unidades Básicas de Saúde, também serão contemplados os servidores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Hospital Municipal, Policlínica, Centro de Controle de Doenças Infectoparasitárias (CCDIP), Clínica Psicossocial (Clips) e Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest) e Centro de Atenção Psicossocial I (Capsi).

A referência técnica de Enfermagem de Ipatinga, Fabiana Figueiredo Beserra, explica que serão testados novamente, por questão de segurança, os profissionais que atuam na linha de frente de combate à doença. 

“A Administração municipal optou por testar novamente todos os profissionais da linha de frente da saúde. Mesmo não sendo protocolo a repetição do teste, a prefeitura optou em refazer por uma questão de proteção e reavaliação dos nossos servidores. Além dos assintomáticos, o município já está realizando a testagem também em todos os profissionais da saúde que apresentam sintomas de coronavírus. Agora, a ação visa retestar aqueles servidores que, embora atuem igualmente no combate ao Coronavírus, não apresentam nenhum sintoma. Eventualmente, o profissional de saúde que fica mais próximo dos pacientes pode estar sendo um disseminador sem saber, por não apresentar sintomas. Por isso, neste momento, o foco da testagem está neste grupo”, explicou a enfermeira. 

“A precaução é um importante caminho a ser seguido neste momento de pandemia de coronavírus. Sabemos que não vai ter jeito de não ter pessoas infectadas, mas nós temos que mitigar ao máximo o problema e tentar minimizar os impactos da doença na nossa cidade. Os números crescem e os testes rápidos têm nos permitido descobrir os positivos, inclusive os assintomáticos. Isso facilita o trabalho do Governo e nos permite traçar um norte das ações que irão ser executadas nos próximos dias”, destacou o prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui