Crianças e adolescentes fabricam instrumentos musicais com madeira doada

44

Ensinar crianças e adolescentes a construir e tocar seu próprio instrumento, bem como contribuir para a formação moral e humana dos jovens. Estes são alguns dos objetivos do Projeto Luthier, que, desde 2006, já acolheu mais de 3 mil crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social, na faixa de 9 a 18 anos.

- PUBLICIDADE -

Desenvolvido em Barão de Cocais (MG), o projeto oferece aos participantes, gratuitamente, a formação de todo o contexto que envolve a construção e a formação musical, além de melhorarem o rendimento escolar e contarem com o apoio de pedagogas e assistentes sociais.

As violas são fabricadas a partir da madeira de eucalipto doada pelo Instituto CENIBRA. A iniciativa é exemplo da aplicabilidade dos recursos florestais renováveis em ações de desenvolvimento social.

Os integrantes do projeto compõem atualmente a orquestra de viola caipira formada por jovens luthiers, a Orquestra de Viola Caipira do Projeto Luthier, que já se apresentou em diversas cidades de Minas, como Belo Horizonte, Nova Lima e São Gonçalo do Rio Abaixo, entre outras.

A última apresentação foi feita na Casa de Hóspedes, da CENIBRA, em Belo Oriente, no último dia 5, sob a regência do maestro Pedro Alexandrino, idealizador do projeto, músico e autodidata no ofício.

Os participantes tornam-se aprendizes da arte da luteraria (construção de instrumentos musicais de cordas que possuem caixa de ressonância), e muitos deles, hoje, são professores de música e luthiers.

O conteúdo programático do projeto contempla: escolha da madeira, métodos de cortes, técnicas utilizadas em máquinas e ferramentas, aprimoramento da habilidade manual, noções de física, matemática, mecânica, química, conceitos da utilização de instrumentos de medição de precisão e utilização de equipamentos de segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui