Curso capacita voluntários sobre recuperação de nascentes em Fabriciano

197

O Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Coronel Fabriciano participa nessa quinta, sexta e sábado, 17, de um curso de capacitação sobre Recuperação de Nascentes, realizado na Fazenda Bom Samaritano no bairro Córrego Alto. A ação é realizada pela Fundação Aperam Acesita por meio de um termo de cooperação com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR.  Foram convidados para participar do curso a Paróquia São Francisco Xavier da Diocese de Itabira e Cel. Fabriciano, Prefeitura e voluntários.

Durante três dias, os participantes estão aprendendo como melhorar a qualidade da água utilizada nas propriedades rurais e urbanas. De acordo com engenheiro ambiental do SENAR e instrutor do curso, Rodolfo Mota, são aplicadas técnicas adequadas de proteção da nascente, aliada a orientação quanto ao seu tratamento. “O objetivo é garantir por meio de aulas teóricas e práticas como buscar o aumento de vazão da água disponível para captação nas nascentes, reduzir o risco de escassez e melhoria da qualidade da água”, explicou.

- PUBLICIDADE -

A ação também tem o objetivo de garantir a preservação da biodiversidade nas áreas de nascentes. Um dos participantes que atua como voluntário na comunidade nesse processo de recuperação de nascentes, Denilson Carvalho dos Santos, acredita que o curso é importante para a preservação do meio ambiente. “Esta capacitação está sendo uma novidade e através das técnicas aprendidas vou poder contribuir para recuperar nascentes que estão sendo destruídas, porque infelizmente o ser humano não tem consciência de preservar a água que é tão importante para nos seres humanos”, pontuou.

Capacitação nascentes

Renasce Fabriciano

A Prefeitura de Coronel Fabriciano desenvolve desde o ano passado o projeto “Renasce Fabriciano”, que visa catalogar e proteger os recursos hídricos da cidade. Dentre as ações previstas, a capacitação caiu como uma luva dentro da proposta de adquirir conhecimento para aplicar nas atividades. O curso ajuda a capacitar sobre as reais necessidades das cerca de 300 nascentes existentes no município. “Hoje, contamos com vários voluntários e grupos da sociedade que estão engajados nesta causa. Acreditamos que essa qualificação, que não integra o projeto, mas nos está sendo oferecida por meio da Aperam, é fundamental para somarmos forças e assim garantir a preservação e recuperação dos nossos recursos hídricos”, disse a coordenadora de Gestão Ambiental da prefeitura, Thayze Pereira Rievert.

IMG_3457

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui