Demandas da classe empresarial são defendidas por parlamentares federais

67

Diversas pautas que estão em discussão no Congresso Nacional também são de grande interesse da classe empresarial por tratar de questões que irão alterar a economia. O deputado federal Hercílio Diniz (MDB) afirmou, em visita recente à Aciapi e CDL de Ipatinga, que o Congresso possui vários desafios para este ano e destacou a reforma da previdência.

“Temos muitas urgências. É uma pauta delicada para a classe política. O grande desafio é fazer uma reforma na qual preserve os menos favorecidos. Quem tem uma renda maior e aposentam mais cedo terão que contribuir mais. Muitas coisas terão de ser reavaliadas. Acreditamos que a aposentadoria deve estar atrelada ao salário mínimo. Temos que preservar a justiça social, acima de tudo”, destaca.

Reforma Tributária

A reforma tributária ainda não foi apresentada pelo atual governo federal. Contudo, o deputado Hercílio Diniz avalia que esta pauta deve ser tratada nesta gestão, visto algumas manifestações do Ministério da Economia.

“Até então nada foi apresentado ao Congresso. Mas temos a certeza de que está sendo formulada uma política para a reforma tributária pelo ministro Paulo Guedes. Também entendo que precisa haver uma reforma. Porém, antes de fazer a redução de impostos é preciso fazer uma adequação destas cobranças. Por exemplo, antes de diminuir a alíquota do Imposto de Renda, é preciso corrigir os critérios de arrecadação tributária”, avalia o parlamentar.

Concessão das rodovias

Outra demanda, mais específica do estado de Minas Gerais, é a continuidade das obras da BR-381 e concessão da rodovia. O deputado federal salienta que os parlamentares do estado estão em articulação para agilizar o processo.

“Estive no Ministério da Infraestrutura recentemente, e vi que alguns modelos para as concessões da BR-381 Norte já estão em estudo. A ideia é de que com a concessão, a rodovia seja duplicada de Belo Horizonte até Governador Valadares e que as obras sejam concluídas em até sete anos. O Vale do Aço e todo o Leste de Minas necessita da conclusão desta obra para dar segurança a quem transita nesta estrada, bem como melhorar a logística no recebimento e envio de produtos”, ressalta Hercílio.

O presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, pontua que a entidade tem acompanhado o trabalho dos representantes do Vale do Aço no Poder Legislativo. “Temos acompanhado e cobrado dos políticos da nossa região o empenho efetivo em seus papeis constitucionais de legislar e fiscalizar. Além disso, esperamos que os parlamentares possam articular ações de desenvolvimento para o Vale do Aço”, destaca Cláudio.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, destaca que a classe empresarial necessita de estar envolvida com o campo político. “Desde antes das eleições de 2018, nós buscamos envolver o empresariado com as discussões políticas. Realizamos muitas reuniões e conversas com os candidatos. Agora, é o momento de acompanharmos as suas ações e conhecer os resultados”, reflete José Carlos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui