Diretoria da Usiminas cumpre agenda com a comunidade do Vale do Aço

185
????????????????????????????????????

Presentes na cidade para a celebração da retomada do alto-forno 1 da Usina de Ipatinga, os diretores e o presidente da Usiminas, Sergio Leite, cumpriram intensa agenda institucional. Logo pela manhã, o executivo, o vice-presidente Industrial, Túlio Chipoletti, o diretor da Usina de Ipatinga, Roberto Maia, e o representante dos empregados no Conselho de Administração, Luis Miranda, se reuniram com os prefeitos dos municípios participantes do programa Caminhos do Vale, para acompanhar os avanços realizados e debater os próximos passos para a iniciativa, que chegou a 36 cidades em janeiro. O programa ganha ainda mais força dentro e fora da Usiminas após ter sido reconhecido internacionalmente pela Word Steel, associação que reúne as principais siderúrgicas do mundo.

- PUBLICIDADE -

“Este projeto é uma das ações que temos feito para fortalecer nossa comunidade. O mundo de hoje é de incertezas e desafios. Temos que ter capacidade de ouvir, de nos adaptarmos para construirmos juntos um futuro melhor pra todos. A Usiminas está vivendo um momento especial de melhoria constante dos resultados e isso se refletirá também na comunidade. Hoje, em nome de toda a diretoria da Usiminas, venho reafirmar nosso compromisso histórico com as cidades de nosso entorno”, afirma Leite.

AMVA_Sergio com prefeitos

A avaliação do presidente da Usiminas é compartilhada também pela Associação dos Municípios do Vale do Aço (AMVA). “Nós prefeitos sabemos da importância do programa Caminhos do Vale para melhorar o meio ambiente e, principalmente, a qualidade de vida das comunidades do nosso entorno. Ficamos muito agradecidos a toda equipe Usiminas que está à frente deste projeto nos dando todo o suporte técnico”, contou Albson Alverenga, presidente da AMVA e prefeito de Naque.

 BERÇARIO_corte de fita

Leite também participou do evento de inauguração do novo berçário do Colégio São Francisco Xavier, juntamente do diretor de Desenvolvimento Organizacional da Usiminas e diretor da Fundação São Francisco Xavier, responsável pelo colégio, Luis Márcio Araújo. O berçário oferece um serviço completo, inédito na região, com infraestrutura pensada para aprimorar o desenvolvimento dos bebês e para garantir a segurança dos pequenos. “Nossa proposta de criar um baby care na cidade é apoiar a comunidade do Vale do Aço em mais uma ação de valorização das pessoas e das famílias. A estrutura deste local é totalmente moderna e não se compara a nenhuma do país. Com este projeto, reforçamos nosso foco na saúde e educação de nossos empregados, familiares e toda a sociedade de região. Agradeço ao presidente da Usiminas, Sergio Leite, e a todos os parceiros e equipe da Fundação São Francisco Xavier que nos apoiou e sempre nos apoia nestes projetos”, destacou Luiz Márcio Araújo.

No início da tarde, o presidente comemorou com cerca de 250 convidados a retomada das operações do alto-forno 1. O evento reuniu autoridades estaduais e municipais, empresários e jornalistas, além de representantes da comunidade do Vale do Aço e colaboradores de diferentes unidades da empresa. A reativação do equipamento é mais um indicativo da curva ascendente de recuperação da empresa, processo iniciado em meados de 2016 e que vem sendo marcado por sucessivos resultados positivos.

O ponto alto do evento foi o acionamento do botão para ligar o alto-forno 1. O ato simbólico foi compartilhado pelo CEO da Ternium, Máximo Vedoya, o diretor da Nippon Steel para as Américas, Kazuhiro Egawa, o presidente do Conselho de Administração da Usiminas, Elias Brito, o presidente da companhia, Sergio Leite e o prefeito de Ipatinga, Jésus Nascimento, marcando a união de todos em prol do crescimento e do futuro da empresa.

A agenda na cidade foi encerrada com a solenidade de posse da nova diretoria da Associação de Aposentados e Pensionistas de Ipatinga. Em sua fala aos presentes, Sergio Leite, lembrou a importância dos profissionais hoje aposentados na construção da história da Usiminas. “Estamos em uma fase de superação na empresa e esse avanço se dá sobre a base deixada por cada colaborador que passou pela Usiminas”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui