Diversas atividades marcam as comemorações da Semana Nacional do Trânsito em Ipatinga

37

Ações serão abertas nesta sexta-feira, com evento na Praça 1º de Maio, e prosseguem até o dia 25 de setembro

A administração municipal de Ipatinga, por meio da Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã – Sescon, dará início nesta sexta-feira (17) às comemorações da Semana Nacional de Trânsito, promovendo uma série de ações de conscientização.

- PUBLICIDADE -

A abertura acontece na Praça 1º de Maio, no centro da cidade, com a presença de autoridades de diversos segmentos. Um estande será montado no local, onde haverá atividades de 9h às 12h, como atrações artísticas, orientações aos frequentadores sobre educação no trânsito promovidas pelos agentes municipais e panfletagem. Para abrilhantar a cerimônia, foram convidados representantes das forças de segurança – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Estadual – além do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Atividades relacionadas à conscientização e dicas para o trânsito seguro serão promovidas por Agentes Municipais de Trânsito por meio da Sesfit – Seção de Educação, Segurança e Fiscalização de Trânsito e Secid – Seção de Educação e Convivência Cidadã.

A programação local da Semana Nacional de Trânsito prevê ainda blitzen educativas e a exposição de veículos danificados por acidentes, que serão colocados em pontos estratégicos da cidade para incentivar a prática da direção defensiva. 

“Estes veículos ficarão expostos em locais estratégicos, sinalizados e com faixas alusivas à campanha. A intenção é causar impacto visual e alertar sobre as consequências da condução perigosa”, explica Décio Camargos, secretário da Sescon. 

As blitzen educativas vão acontecer entre os dias 20 e 25 de setembro em diversos locais da cidade, objetivando concientizar os condutores sobre direção segura e respeito às regras de trânsito.

DADOS PREOCUPANTES

Para enfatizar ainda mais o valor das ações, o prefeito Gustavo Nunes cita alguns dados: “Temos procurado dar nossa contribuição à segurança, melhorando sinalizações, reconstituindo pavimentos, preparando os agentes de trânsito, educando as crianças nas escolas, entre outras medidas. Mas o apoio dos condutores de veículos é fundamental para reverter as estatísticas. Os acidentes de trânsito figuram como a segunda maior causa externa de morte no País. O Brasil segue registrando uma média anual de 30 mil óbitos causados por acidentes, após o pico da pandemia. Isto implica que mais ou menos 80 pessoas morrem por dia como consequência de um acidente de trânsito”, relacionou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui