Empreendedores iniciam obras de quiosques no Parque Ipanema

160
Prefeito Nardyello Rocha acompanha o início das obras

Investidores esperam agilizar serviços e expectativa é que os equipamentos sejam concluídos na metade do tempo estabelecido pelo poder público

- PUBLICIDADE -

Principal cartão postal de Ipatinga, o Parque Ipanema começou a receber na manhã desta segunda-feira (06) os materiais que serão utilizados na construção dos seis quiosques licitados para funcionamento no entorno do lago. Divididas em três módulos – um frontal e dois laterais –, as áreas reservadas aos estabelecimentos serão protegidas por tapumes durante o desenvolvimento das obras, que deverão ser concluídas no prazo máximo de seis meses.

Juntamente com o secretário municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Agnaldo Bicalho, e profissionais da pasta, o prefeito Nardyello Rocha fez questão de acompanhar a chegada dos operários contratados pelos investidores para atuar no canteiro de obras.

Mesmo com um prazo de até 180 dias para finalizar a construção, o empreendedor Vagner Bragança, que ocupará um dos dois quiosques no módulo próximo ao teatro de arena do Parque, espera que em 90 dias a loja já esteja pronta.

Empreendedor Vagner Bragança fala sobre prazo de construção do quiosque

“Nós estamos bastante motivados com este empreendimento. É muito bom construir algo que toda a cidade já alimenta grande expectativa para o funcionamento. Junto com a construtora, esperamos finalizar a obra na metade do tempo previsto, e paralelamente a isso vamos iniciar o processo de definição do cardápio com os produtos que iremos comercializar”, antecipou.  

O prefeito Nardyello Rocha destacou que esta intervenção é muito especial não apenas para o governo, mas para toda a sociedade, que tem no Parque Ipanema um espaço para o descanso e convivência, para o lazer e prática de esportes.

“Acompanhar a construção dessas lojas que oferecerão à nossa população qualidade na prestação do serviço alimentício é uma honra. Cada loja terá seu alvará sanitário, sua licença para funcionamento, respeitando a saúde pública”, destacou o chefe do Executivo. Ele ainda ressaltou que “uma equipe de profissionais da Sesuma também iniciou nesta segunda-feira o trabalho de acompanhamento da construção, visando à preservação do meio ambiente, conforme as regras estabelecidas no edital”.

Responsável por uma construtora que fará as obras no local, Rodrigo Ferreira avaliou o projeto arquitetônico como moderno e inovador. “Cada detalhe foi pensado para que esse cartão postal fique ainda mais belo, mais aconchegante e preparado para atender bem as pessoas, as famílias que constantemente passam por aqui”.

No próximo domingo (12), os tapumes que cercam as obras no Parque Ipanema farão parte de uma ação de cultura, servindo como tela para artistas de grafite e muralismo da cidade. O objetivo é transformar também o local em uma grande galeria de arte a céu aberto, durante o período da interdição devido às obras.

Quiosques

Ao todo serão seis quiosques a serem implantados no Parque Ipanema, conforme projeto elaborado pela Prefeitura de Ipatinga. Eles são divididos em três módulos com área de 386m², sendo um na região frontal da lagoa, um próximo às quadras e outro próximo ao teatro de arena. As concessões têm validade de 15 anos e o custo estimado de cada unidade é cerca de R$ 170 mil.

Cada quiosque terá cozinha, espaço interno para atendimento ao público, dois banheiros, sendo um masculino e um feminino, e ainda uma área externa protegida por pergolados e guarda-sóis, com espaço para até 15 mesas de quatro cadeiras cada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui