Fabriciano realiza caminhada de conscientização no Dia Mundial Sem Tabaco

69

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Saúde, realiza nesta sexta-feira, 31, a caminhada do Dia Mundial sem Tabaco. A concentração está marcada para 8h30, na Praça do antigo Barrilzinho, Centro. A caminhada segue rumo à Praça da Estação, onde haverá tendas educativas da Saúde, Educação, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros; distribuição de mudas pela Secretaria de Meio Ambiente; serviços em parceria com a Farmácia Indiana; além de avaliação antropométrica com o Programa Mexa-se.

Para a Referência Técnica do Programa de Controle do Tabagismo, Fabiane Borges, o principal objetivo do encontro é despertar a atenção da população para os malefícios do cigarro e outros produtos derivados do tabaco. “A indústria do tabaco tem investido em estratégias para atrair jovens para o consumo. Por isso, o município reestruturou todo o programa investindo em estratégias de educação em saúde nas escolas e demais espaços comunitários, além da retomada com os grupos nas unidades  de Saúde”, disse .

- PUBLICIDADE -

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável em todo o mundo, causando a morte de mais de 7 milhões de pessoas há cada ano. Mais de 6 milhões dessas mortes é resultado do uso direto do tabaco, enquanto cerca de 890 mil, resultado de pessoas expostas ao fumo passivo.

A exposição direta ou indireta ao tabaco pode ocasionar diversas consequências, como câncer de pulmão, sendo o tabagismo responsável por mais de dois terços da doença mundialmente; doença respiratória crônica como, bronquite crônica e enfisema pulmonar, e tuberculose; doenças que se manifestam ao longo da vida como, asma, pneumonia, e infecções frequentes; além de aumentar a poluição do ar.

PROGRAMA DE CONTROLE DO TABAGISMO

O Programa de Controle do Tabagismo em Coronel Fabriciano realiza a adaptação baseada na legislação nacional dentro do perfil do município. O programa conta com uma equipe multiprofissional, e nele são realizadas ações educativas de prevenção e promoção da saúde, além dos grupos baseados na terapia cognitiva comportamental, dentro das unidades de saúde.

Segundo Fabiane Borges, o município já obteve resultados satisfatórios do programa, porém, também havia um índice considerável de evasão. “Neste ano, a intenção do município é abrir pelo menos um grupo em cada unidade de saúde, pois, temos uma demanda alta, e conseguimos reestruturar o programa para oferecer um serviço de qualidade para que o usuário tenha êxito ao deixar de fumar”, afirma.

Para se inserir no programa, é preciso passar por uma avaliação do médico na unidade de saúde, e estando apto, o usuário irá passar por sessões em grupo com a equipe multiprofissional. De acordo com o Ministério da Saúde, para receber a medicação gratuita é necessário estar inserido no grupo.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui