Histórias, comida mineira e ecologia marcam a volta da Rota do Mutum em Ipaba

18

Empreendedores de Ipaba apresentaram produtos turísticos a representantes da imprensa, de negócios e de agências de turismo do Vale do Aço

- PUBLICIDADE -

As delícias da boa cozinha mineira, projetos de preservação ambiental e a produção artesanal de produtos regionais são atrações que tornam a Rota do Mutum especial. O roteiro turístico realizado, que  apresenta os empreendimentos de Ipaba, foi retomado no último sábado (20/11), com um Famtour com a participação de representantes da imprensa, de negócios e turismo do Vale do Aço.

O roteiro foi aberto na Fazenda Macedônia, da Cenibra, onde o grupo conheceu os projetos de preservação ambiental desenvolvidos pela empresa, incluindo o  Projeto Mutum, que inspirou o nome da rota, e visa a proteção da ave que habita as montanhas de Ipaba, configurando o local como maior habitat do Mutum no mundo. 

O presidente do Circuito Mata Atlântica de Minas, Hélio Anício, participou da Rota do Mutum e elogiou os empreendimentos visitados em Ipaba. “Esse roteiro é mais uma importante iniciativa que contribuirá para a retomada do turismo na região do Circuito Mata Atlântica. Temos atrativos turísticos de alta qualidade em Ipaba, assim como em outros associados ao CTMAM, que precisam ser valorizados e apresentados àqueles que moram em nossa região, bem como a visitantes de outras localidades. Estamos trabalhando para contribuir com esse objetivo”, declarou Hélio.  

Memórias

Herdeira do casarão de 206 anos que abriga a história da sua família e de Ipaba, Sarita Figueiredo apresentou as dependências da  Fazenda e Pousada Maria Emília, e as relíquias trazidas por seus avós de Portugal, Itália e Turquia. “Viveram aqui várias gerações da minha família e guardo com carinho os pertences que eles trouxeram quando vieram refugiados para o Brasil. Hoje, a minha casa é uma forma de contar um pouco da história da minha família e do nosso país”, revelou Sarita.

Do outro lado da Fazenda Maria Emília, Divino Figueiredo, marido de dona Sarita, apresentou outra iguaria do casarão histórico: o alambique da Cachaçaria Primavera. “Todo processo aqui é artesanal, a cachaça e o açúcar mascavo. A produção da cachaça vai para várias cidades do país”,  contou Divino. 

Também constituído e cultivado em família, o Palmito Doce Vida, foi apresentado durante o passeio turístico pela zona rural de Ipaba. Sócia-proprietária da empresa, Márcia Marota detalhou como é a produção do palmito. Dos 25 mil pés de palmito pupunha plantados no sítio da família, somados a fornecedores da região, a produção de palmitos in natura, em conserva e congelados chegam a 16 municípios mineiros e Linhares (ES). 

“Tudo aqui é feito por nossas mãos. Somos eu, meus irmãos Cassiano e Maristela, também sócios-proprietários, meus pais, João e Selma, e a funcionária Cíntia. A história dessa empresa começou quando meu pai fez um curso sobre cultivo de palmito pupunha e rapidamente a venda da produção foi um sucesso. Para atender a demanda, fundamos a empresa”, explicou Márcia.

Os visitantes da Rota do Mutum também puderam conhecer os produtos da empreendedora  Izabel Caetano, que serviu o café da manhã com os Quitutes da Bel durante a visita na Fazenda Macedônia, o Rancho Da Mata, onde o casal Sidnei e Ângela  produzem leite e conserva de tomate desidratado, e a Toca dos Bichos, conduzida pelo também presidente do Conselho Municipal de Turismo de Ipaba, Vander Dantas, e sua esposa Rozeli. O percurso total da rota é de, aproximadamente, 47,5 km na área rural do município de Ipaba. 

Sobre a Rota do Mutum

A Rota do Mutum foi lançada em 2019 e é uma iniciativa desenvolvida pela Ana Cleide Eventos Exclusivos, através da parceria entre o Projeto Turismo no Vale  e a Prefeitura de Ipaba, com o apoio da Cenibra e Sebrae Minas. O roteiro turístico foi elaborado depois de uma missão técnica realizada em Venda Nova do Imigrante, onde foi identificada a similaridade entre os destinos.  

O Famtour na Rota do Mutum foi realizado pela Ação Social Ebenézer (ASE), produzido pela Ana Cleide Eventos Exclusivos, com o apoio da Fundação Renova, através do Edital Doce, do Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas, Prefeitura de Ipaba, Cenibra e Sebrae Minas. Contato para mais informações: Ana Cleide Eventos Exclusivos (31) 98790-3062.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui