A importância da atividade física na terceira idade

15

A LBV proporciona, aos idosos atendidos, atividades físicas que promovem o envelhecimento saudável. 

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), a prática de exercícios físicos deve estar presente na rotina de qualquer pessoa, uma vez que os mesmos refletem de forma positiva na qualidade de vida e no envelhecimento saudável.

- PUBLICIDADE -

Com o passar dos anos, o metabolismo do corpo humano entra em um processo de declínio e isso ocasiona comorbidades, como artrite, diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, pulmonares e entre outros, bem como a perda da força e flexibilidade, afetando a postura e a mobilidade.

Por isso, a importância dos exercícios físicos na terceira idade, que, além de ajudarem na resistência física e na disposição para atividades do dia-a-dia, geram mais confiança e independência, o que contribui diretamente na autoimagem do idoso e na sua saúde psicológica.

Na Legião da Boa Vontade (LBV), os idosos participam de diversas atividades físicas que desenvolvem suas habilidades, estimulando a capacidade de raciocínio e a memorização. Por meio do Vida Plena, a Instituição promove aos atendidos uma vida mais feliz e um envelhecimento saudável.

“[No passado], o tipo de exercício físico recomendado para idosos era o aeróbio, pelos seus efeitos no sistema cardiovascular e controle [de] doenças, além dos benefícios psicológicos. Atualmente, estudos mostram a importância dos exercícios envolvendo força e flexibilidade para a melhora e manutenção da capacidade funcional e autonomia do idoso. Todos os atendidos quando começaram a fazer parte do Vida Plena trouxeram queixas relacionadas à parte física. Como educadora e profissional de educação física, vejo na prática o quão benéfico tem sido para cada um deles desde que começaram a participar das atividades na LBV e a cada dia estão demonstrando uma melhora na qualidade de vida”, destacou a educadora social da LBV, Greyce.

São muitas as opções de atividades físicas sugeridas para a terceira idade, por isso, citamos as mais recomendadas. Confira!

→ MUSCULAÇÃO 

Associar exercícios aeróbicos com exercícios resistidos (musculação) contribui positivamente para a saúde. A musculação ajudar a aumentar a força muscular e o desempenho físico geral, e como consequência, previne o avanço de limitações funcionais e ainda contribui para o alívio de dores crônicas.

#LEMBRETE: O treino deve ser feito de acordo com o condicionamento físico de cada um, por isso, a musculação deve ser acompanhada por um profissional da área. 😉

→ ATIVIDADES AQUÁTICAS 

Os exercícios praticados na água, com a orientação de um profissional, contribuem para o fortalecimento dos músculos, melhoram a saúde cardiovascular e respiratória, e diminuem o estresse nas articulações. A hidroginástica e a natação são bons exemplos das atividades aquáticas.

→ CAMINHADA 

A caminhada ajuda a prevenir problemas de saúde, como a obesidade, fortalece os ossos e as articulações, melhora a circulação sanguínea, a capacidade cardíaca e a pressão arterial. O recomendado é caminhar entre 30 minutos e uma hora por dia. 😉

→ ALONGAMENTO 

Os exercícios de alongamento são opções simples e eficazes para melhorar a capacidade funcional e a qualidade de vida dos idosos. Uma recomendação é a prática do pilates que contribui para a flexibilidade, o equilíbrio e o fortalecimento da musculatura.  

→ DANÇA 

Além de proporcionar momentos de alegria e diversão, a dança exercita diversos grupos musculares e propicia benefícios na agilidade, na coordenação motora e no equilíbrio. A atividade também estimula o convívio social, promovendo a interação entre os idosos.

LBV promovendo o envelhecimento saudável

Para estimular os atendidos a uma vida ativa, todas as atividades desenvolvidas na Legião da Boa Vontade são precedidas de alongamentos estáticos e dinâmicos, onde são trabalhados os principais grupos musculares.

A atendida Herceli Maria Silva Lara, de 72 anos, participa das atividades físicas do Vida Plena e na ocasião, relembrou como conheceu a Instituição e quais os benefícios que isso lhe trouxe: “Eu conheci a LBV a muitos anos, sempre via pela televisão aquele povo fazendo ginástica e eu pensei: eu vou entrar nessa. E hoje eu estou a quatro meses participando do programa. Estou muito feliz; eu tinha uma dor na perna e [hoje] não sinto mais nada. As meninas são ótimas, me tratam muito bem. Eu me sinto muito acolhida na LBV. Vocês estão de parabéns”, ressaltou.

Circuito funcional, jogos, brincadeiras, dança e dinâmicas são algumas das diversas atividades realizadas com os idosos atendidos para que tenham uma independência funcional, evitando o sedentarismo e adquirindo uma qualidade de vida saudável.

“Os benefícios dos [exercícios] físicos são inúmeros, auxiliam no processo de envelhecimento saudável, contribuem para a prevenção de doenças e melhoram a qualidade de vida. A participação dos idosos em atividades que promovam a socialização, a convivência e o fortalecimento de vínculos atuam no bem-estar físico e mental”, explica a assistente social Cristina de Vasconcelos Leite.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Ipatinga/MG, o Centro Comunitário de Assistência Social fica na Rua João Patrício de Araújo, 225 — Veneza I. Para mais informações, ligue: (31) 3822-8600.

*Com informações do site Unimed.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui