Inauguração do novo Cine Alvorada prevista para esta semana

32

Após mais de duas décadas, Coronel Fabriciano terá uma sala de cinema. Esta semana, está prevista a inauguração do novo Cine Alvorada, no Melo Viana. O espaço de entretenimento foi totalmente reformado e recebeu equipamentos de última geração para exibição da sétima arte. A sala de cinema tem capacidade para 212 pessoas – incluindo dois lugares para cadeirantes – e é equipada com poltronas reclináveis, tela de 10 m x 4 m e sistema de climatização, iluminação e sonorização digitais. A estrutura original da fachada foi preservada.

Além da sala de projeção, o Cine Alvorada conta com amplo hall com bomboniere com pipoca, refrigerantes e doces, banheiros femininos e masculinos. “O projeto contempla acessibilidade, plano de prevenção e combate de incêndio e normas de segurança do Corpo de Bombeiros. Trata-se de uma sala moderna e que exibirá os lançamentos em cartaz nos grandes centros do país”, antecipa o empresário Danilo Botelho, à frente do Cine Filmes, com experiência de mais 19 anos no segmento. A sala de Fabriciano será a nova da empresa, que está presente em seis cidades de Minas Gerais e Bahia.

A proposta é manter duas sessões diárias, podendo mudar conforme o filme em cartaz, além das matinês quando houver exibição de filmes infantis. Os ingressos poderão ser adquiridos na bilheteria do cinema, que funcionará a partir das 15h. “O Cine Alvorada funcionará todos os dias para atender, com qualidade, os fabricianenses e região. Vamos apostar em preços mais populares, inclusive, com valor de meia-entrada para todo o público, das segundas a quartas-feiras”, destaca Danilo. O filme de estreia será “Vingadores: Ultimato”, último blockbuster da Marvel e recordista de bilheteria.

INVESTIMENTOS PARA A CIDADE

Além de ser opção de cultura e entretenimento, o novo Cine Alvorada também gera emprego e renda para a cidade. Segundo o empresário Danilo Botelho, o investimento em obras e equipamentos foi de R$ 700 mil e, em funcionamento, o novo Cine Alvorada vai empregar seis funcionários diretos, todos de Fabriciano. “A população de 110 mil habitantes, proximidade com municípios que também não contam com sala de cinema e a história do espaço, estão alinhados com o projeto da nossa empresa e foram decisivos para decidirmos investir na cidade”, revela Botelho.

O secretário de Governança do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, Homero Quinete, frisa a vocação para comércio e serviços, com destaque para entretenimento. “Fabriciano já teve uma das “noites” mais movimentadas da região. A exemplo do Cine Alvora, hoje estão em curso novos empreendimentos que prometem resgatar um pouco desta tradição. E a administração do prefeito Dr. Marcos  Vinicius apoia e, fará o possível para dar todo o suporte, para estes empresários mantenham-se na nossa cidade”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui