Inaugurada obra de arte no centro de Belo Horizonte

46
default

Quem passa pela rua Curitiba entre a rua Guaicurus e avenida Oiapoque encontra um mural de mais de 40 metros de extensão pintado pela grafiteiro Fhero na calçada em frente ao Shopping Xavantes.

A iniciativa é do Leonardo Furman, administrador do Shopping popular Xavantes. Ele recorda na sua infância de ver seus pais e tio pintarem a calçada em frente ao comércio em datas comemorativas, como o Natal. Leonardo cresceu entre os lojistas do centro, onde sua mãe Maria Helena tinha a Importadora Alone localizada na av. Amazonas com Tamoios e seu pai Boris Furman administrava a loja Dpresentes. A ideia, além de chamar atenção para o público que circula na região do hipercentro para o Shopping Xavantes, é entregar mais uma obra de arte pública pra região que está cada dia mais colorida, além é claro de promover o encontro entre arte e pessoas que normalmente não tem acesso às artes visuais.

- PUBLICIDADE -

Juliana Flores, curadora da Pública Agência de Arte, empresa produtora da ação conta que preferiu convidar o mesmo artista que envelopou o shoppping Xavantes em abril deste ano. “Preferi dar continuidade ao trabalho para que a calçada e a fachada do shopping tenham um diálogo estético. E Fhero fez uma proposta linda. Se hoje no alto do shopping vemos pardais pintados, agora com a nova intervenção o público irá pisar sobre um rio geométrico cheio de peixes. Queremos chamar atenção para o rio que passa ao lado sobre a av dos Andradas, o Rio Arrudas”.

Retrato do artista Fhero

Shopping Xavantes

Inaugurado em 2004, o Shopping Xavantes foi criado através de uma parceria entre a iniciativa privada e a prefeitura de Belo Horizonte, com a transferência dos camelôs da área do hipercentro para um local que pudesse favorecer a sua formalização. No ano em que celebra 15 anos, o Shopping Xavantes renova a fachada com uma grande obra de arte que será vista pelas 100 mil pessoas que circulam no seu entorno todos os dias.

Leonardo Furman, administrador do Xavantes, ousou quando resolveu encomendar uma obra em toda a superfície do shopping. BH já tem muitas empenas de prédios pintadas, mas ainda não tinha um edifício completamente pintado, com mural em todas as suas laterais. Cada canto do shopping ganhou novas cores. Como o artista, também foi o amor pela cidade que o moveu a encomendar o mural e, antes ainda, o fez criar o Shopping Xavantes. Filho de comerciantes que possuíam lojas no centro, Leonardo não vislumbrou apenas uma oportunidade comercial, mas também uma solução junto ao poder público de acolher os camelôs que na década de 90 lotavam as ruas do centro e trazer mais movimento para o bairro que naquela época tinha alto índice de violência

Hoje o Centro abriga dezenas de graffitis, murais e intervenções artísticas emoldurados pela sua arquitetura privilegiada transformando a região em uma verdadeira galeria de arte a céu aberto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui