Inhotim supera meta e atende 12 mil integrantes de programas sociais

19
O programa Inhotim para Todxs tem o patrocínio da Unimed-BH.

O Instituto Inhotim superou a meta de atendimentos do programa Inhotim para Todxs, projeto socioeducativo de acolhimento de integrantes de programas sociais, associações e grupos comunitários. Para 2019, o Instituto almejava atender 10 mil pessoas, mas fechará novembro com 12 mil atendimentos.

Mais de 106 mil pessoas já foram beneficiadas pela iniciativa, desenvolvida desde 2011. Em 2018, foram realizados mais de 11 mil atendimentos de 99 cidades de Minas Gerais, a maioria da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), além de Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

- PUBLICIDADE -

São atendidas instituições públicas e organizações da sociedade civil, como Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), escolas estaduais e municipais e Organizações Não Governamentais (ONGs).

Além da gratuidade no acesso e do acolhimento personalizado, grupos de municípios parceiros (Brumadinho, Mário Campos e Sarzedo) têm transporte gratuito de ida e volta no Inhotim.

Além da democratização do acesso ao Instituto, que diversifica seus públicos, o Inhotim para Todxs amplia o repertório cultural das pessoas atendidas. “A questão da acessibilidade vai muito além da adequação de espaços físicos. Abordamos esse debate de forma mais completa no Inhotim, aumentando a aproximação com a arte, a botânica e a cultura de forma geral”, afirma Lidiane Arantes, supervisora de Educação do Inhotim.

O programa Inhotim para Todxs garante acesso personalizado a arte, botânica e cultura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui