Ipatinga abre nesta quinta o Programa ‘Saúde na Noite’ 

89

Profissionais que irão atender a população em 11 UBS’s, em horário ampliado, receberam nesta quarta-feira (5) um treinamento com as informações técnicas para início das atividades 

- PUBLICIDADE -

Começa a funcionar nesta quinta-feira (6) o Programa ‘Saúde na Noite’, que irá proporcionar para a população de Ipatinga a extensão do horário de atendimento em 11 das 21 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município. Nestes locais específicos, em várias regiões da cidade, além do expediente convencional a comunidade será assistida também de 16h às 22h, de segunda a sexta-feira.

O anúncio do início das atividades foi feito na manhã desta quarta-feira (5), pelo prefeito Nardyello Rocha, acompanhado da secretária de Saúde, Érica Dias. O chefe do Executivo recebeu na sala de reuniões de seu gabinete os mais de 50 profissionais contratados para compor as equipes de atendimento. 

Os auxiliares de saúde bucal, dentistas, enfermeiros, médicos clínicos e técnicos de enfermagem foram convocados para receberem todas as informações necessárias do corpo técnico da Secretaria de Saúde para início de suas atividades. 

A técnica de enfermagem Rosy Casasa Diniz já trabalha na UBS do bairro Limoeiro, mas decidiu candidatar-se ao processo seletivo, disposta a estender sua jornada. A profissional acredita que, por já conhecer a realidade dos usuários da unidade, isso será um ponto positivo para o bom andamento do programa. “Estou muito feliz de poder participar do projeto inicial do ‘Saúde na Noite’ e vou continuar oferecendo o meu melhor para atender a comunidade daquela região”, comprometeu-se. 

O prefeito Nardyello Rocha fez questão de conhecer e parabenizar os profissionais que passaram pelo processo seletivo e, no encontro desta quarta-feira, após fazer uma ampla explanação sobre a situação do Governo, deixando todos os servidores mais familiarizados com a realidade do município, lembrou que “uma das primícias desta gestão é o fortalecimento da atenção básica e a busca incansável pela humanização do atendimento nas unidades de saúde”.

“Lembro-me que quando era candidato ao cargo de prefeito – continuou –, nós fizemos um diagnóstico sobre os principais problemas da cidade e, na visão da população, é claro que a saúde apareceu em primeiro lugar. Contudo, fazendo um estudo mais profundo, vimos que as principais queixas das pessoas não eram em relação à falta de médicos ou de remédios nas unidades e sim quanto às formas de atendimento. Sendo assim, desde que assumi estamos em uma busca incansável pela humanização. Por isso fiz questão de conhecer os novos profissionais e mostrar a responsabilidade que cada um deles tem de transformar a qualidade da saúde na cidade. O Programa ‘Saúde na Noite’ foi planejado por esse Governo para atender um sonho dos moradores de Ipatinga. Mesmo com a dívida do Estado que atualmente alcança, apenas nesta área, o patamar de R$ 85 milhões, nós não esmorecemos e continuamos empenhados em fazer a melhor gestão possível dentro das condições que temos”, disse o prefeito Nardyello Rocha.

A secretária municipal de Saúde, Érica Dias, completou que, com a ampliação do atendimento, a ideia é tornar a Atenção Primária mais eficiente. “Com algumas Unidades de Saúde funcionando em horário estendido, esperamos desafogar os serviços de emergência da UPA – Unidade de Pronto Atendimento e HMEM – Hospital Municipal Eliane Martins, onde a população busca atendimento em horários que muitas vezes as UBS’s já estão fechadas. A medida é mais um passo dado pela Administração municipal, que busca um sistema público de saúde de qualidade e acessível a toda a população de Ipatinga”, enfatizou a responsável pela pasta.

O que o Programa oferece

Os serviços que serão ofertados à população são amplos. Incluem desde consultas médicas e odontológicas à realização de curativos, teste de rastreamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) e aplicação de vacinas, entre outros procedimentos. 

Das 11 Unidades Básicas que funcionarão em horário ampliado, cinco contarão com atendimento médico e odontológico. São as UBS’s dos bairros Esperança, Canaã, Limoeiro, Vila Celeste e Vila Militar. Já as Unidades de Saúde dos bairros Jardim Panorama, Iguaçu, Bom Jardim, Veneza II, Bom Retiro e Esperança II prestarão exclusivamente atendimento médico.

O funcionamento do ‘Saúde na Noite’ somente foi possível após a cidade atender exigências de adesão específicas do Programa Saúde na Hora, lançado em maio do ano passado pelo Ministério da Saúde. Entre os requisitos está o de manter a composição mínima das Equipes de Saúde da Família – com médico, enfermeiro, dentista e auxiliar de enfermagem – sem reduzir o número de equipes que já atuam no município. A UBS também deve funcionar sem intervalo de almoço, de segunda a sexta, e dispor de prontuário eletrônico implantado e atualizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui