Ipatinga estimula consumo saudável de alimentos dentro e fora da escola

29

Programação do Dia do Consumidor movimenta centenas de crianças em atividades de conscientização

Cerca de 200 crianças de escolas municipais participaram nesta sexta-feira (15), em Ipatinga, de programação alusiva ao Dia Mundial do Consumidor. O evento foi realizado em grande estilo, no Parque Ipanema, e contou com apresentações musicais, teatrais e dança. As atividades fazem parte do projeto “Consumo Saudável dentro e fora das Escolas” proposto pelo Ministério Público Estadual com o objetivo de levar a segurança alimentar e nutricional a escolas públicas e privadas do Estado.

O Dia do Consumidor (15 de março) foi criado para proteger e lembrar sempre dos direitos assegurados em compras e serviços prestados, todas as relações de consumo. A intenção é abranger não apenas as pessoas que consomem, mas fazer com que também as empresas e lojas se lembrem do compromisso de respeitar todas as leis que protegem os seus clientes.

Durante as atividades desta sexta, vários estandes foram montados no principal cartão postal de Ipatinga, com demonstrações de acordo com o tema proposto. Um dos expositores foi a Cemig, que proporcionou ao público dicas de economia, de segurança na área da construção civil e ainda apresentou uma maquete que simula o processo de geração de energia desde a origem até as residências. Outro estande foi o do Banco de Alimentos de Ipatinga, que mostrou como é feito o reaproveitamento de alimentos na unidade do município, que beneficia diversas entidades assistenciais.

Sandra Maria Machado de Melo, diretora do Procon, disse que a ideia é que os alunos participem ao máximo das atividades relacionadas aos direitos do consumidor e à alimentação saudável, “pois assim terão oportunidade de se transformarem em consumidores conscientes, além de adotarem práticas alimentares mais saudáveis, ingerindo alimentos naturais, os processados e ultraprocessados”.

Prática

A comemoração desta sexta-feira envolveu várias secretarias municipais, entre delas a de Educação, que compareceu com alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental. A secretária municipal de Educação, Eva Sônia, ressalta que o tema “Consumo Saudável dentro e fora das Escolas” já um assunto abordado com os alunos durante o ano letivo.

“Nós temos essa preocupação permanente, com nutricionistas que elaboram os cardápios sempre pensando no consumo saudável diário das nossas crianças. E agora os professores estão desenvolvendo projetos de forma que os estudantes participem da elaboração da alimentação”, informou.

Eva Sônia lembrou ainda que a Secretaria busca conscientizar os estudantes sobre formas de evitar o desperdício dos alimentos. “Estamos na Semana do Consumidor e é importante compreender que a gente nunca pode estar consumindo além do necessário. Nossas cantineiras são orientadas quanto a isso na hora de servir o alimento para o aluno, evitando desperdícios e excessos que não fazem bem à saúde. E agora, com a Educação Integral, que começa no dia 1º de abril, um dos conteúdos das oficinas é Saúde e Nutrição, que faz parte do nosso quadro curricular”, ressaltou Eva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui