Jornalista William Saliba receberá nesta quinta-feira a Cidadania Honorária de Ipatinga

32
Vereadora Cassinha Carvalho e o homenageado William Saliba.

A vereadora Cassinha Carvalho é autora da indicação do nome de William Saliba

O jornalista William Saliba, um dos pioneiros do jornalismo da Região Metropolitana do Vale do Aço, será homenageado com o título de Cidadão Honorário outorgado pela Câmara Municipal de Ipatinga. A indicação é da vereadora Cassinha Carvalho e foi aprovada por unanimidade pelo plenário da casa.

- PUBLICIDADE -

A cerimônia de entrega será realizada nesta quinta-feira (14), às 19h, no Teatro do Centro Cultural Usiminas. Na oportunidade, também serão agraciados um total de 56 cidadãos, sendo 19 com a Medalha do Mérito Legislativo; 18 com a Medalha Jamil Selim de Sales e 19 com Título Cidadania Honorária.

“É para mim uma satisfação indicar William Saliba para o título de Cidadão Honorário. Acompanho a importância do seu trabalho jornalístico, cujo alcance ultrapassa os limites de nossa cidade. E nada mais oportuno do que neste momento em que ele comemora 50 anos de atuação no jornalismo.” – destaca Cassinha Carvalho. A vereadora ressalta também que, com esta homenagem, gostaria de estender o seu reconhecimento a toda e expressiva colônia libanesa de Ipatinga, se referindo ao homenageado – que ocupa o cargo de vice-presidente da Associação Líbano-Brasileira de Minas Gerais.

O IPATINGUENSE

Nascido em Belo Horizonte, o jornalista Antônio William Saliba é ipatinguense de coração. Em janeiro de 1964, ano da emancipação política de Ipatinga, Saliba desembarcou na cidade junto com seus pais William Ibraim Saliba e Zélia Rodrigues Saliba e seus irmãos. Seu pai, funcionário da Usiminas, foi uma das lideranças comunitárias de Ipatinga, nos anos de 1960, com grandes feitos. Ele foi um dos responsáveis pela a chegada dos sinais de TV à cidade e pela criação da Fundação Francisco Xavier, Cariru Tênis Clube e Cine Clube, entre outros. Seguindo o exemplo do seu pai, o jornalista William Saliba aprendeu a amar a cidade que tão bem acolheu a sua família.

O jornalista William Saliba iniciou a sua atuação profissional em 1970, no pioneiro e já extinto Diário da Manhã; e teve passagens por vários veículos de comunicação, como Rádio Educadora, de Coronel Fabriciano; Diário do Rio Doce, TV Minas/Manchete e TV Leste/Globo, de Governador Valadares; Diário do Aço, Folha do Comércio e revistas Imagem e Carta de Notícias, de Ipatinga; além da revista PQN e jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte. Como assessor de comunicação, o jornalista integrou os quadros da Usiminas, Cenibra, Usiminas Mecânica e prefeituras de Ipatinga e Timóteo.

Amante da sétima arte, Saliba produziu e dirigiu “Alerta Verde”, documentário premiado no Festival de Cinema Brasileiro de Penedo, em Alagoas, no ano de 1980; e “Apocalipse Novamente”, curta-metragem de animação, premiado na Jornada do Cinema do Maranhão, em 1981. A reportagem “Sushi e Pão e Queijo” conferiu-lhe o troféu de destaque na mídia digital de Minas Gerais, no I Prêmio Nippon de Jornalismo em 2018.

Atualmente, na direção do portal Carta de Notícias, William Saliba é um expressivo influenciador digital de Minas Gerais. Ele também é vice-presidente da Associação Cultural Líbano Brasileira de Minas Gerais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui