Leitos para tratamento da COVID-19 são ampliados no HMU

25

Com o aumento dos casos do novo coronavírus, uma das maiores preocupações da sociedade é quanto a disponibilidade de leitos em unidades hospitalares. Desde o início da pandemia, a Unimed Vale do Aço tem se preocupado em oferecer um atendimento de qualidade e seguro aos seus beneficiários, com uma estrutura adequada ao tratamento. Na última semana, como forma de dar mais segurança aos pacientes, os leitos de internação e UTI para casos de COVID-19 foram ampliados.

- PUBLICIDADE -

“Estamos avançando conforme o planejamento realizado para definição de ações de combate a COVID-19 no Hospital Metropolitano Unimed. Convertemos alguns leitos de apartamentos e enfermaria em áreas exclusivas para pacientes com a doença, melhorando o tratamento destinado a esses beneficiários e garantindo a segurança daqueles que estão na unidade hospitalar por outras enfermidades”, esclareceu Gleidson Dias, Gerente Executivo do HMU.

Além de mudanças estruturais, treinamentos constantes são realizados com a equipe assistencial para garantir a excelência nos atendimentos e uma maior segurança dos médicos, enfermeiros, técnicos e demais colaboradores. “São várias frentes de atuação, sempre focadas no aprimoramento dos protocolos e enfrentamento da COVID-19 de forma segura. Alteramos alguns protocolos, mudamos a infraestrutura com a criação unidade e entradas exclusivas para pacientes que enfrentam a doença. Dentre essas medidas, está a aquisição de equipamentos hospitalares, compra e produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs),  projeto de ampliação de leitos conforme a demanda existente e o investimento em Telemedicina, muito importante nesse momento de isolamento social”, acrescentou o Gerente Executivo. 

Fique em Casa!

Paralelo as ações realizadas dentro das unidades da Unimed Vale do Aço, a cooperativa também trabalha com a campanha de incentivo ao uso de máscaras e da redução de idas ao hospital. Em decorrência da pandemia, vários canais de comunicação, foram reforçados para que os beneficiários possam ter o atendimento médico sem sair de casa, evitando assim o risco de contaminação pela COVID-19. Estruturamos Unimed Fone, uma Central de Atendimento que funciona de segunda a sábado de 07h as 21h, através do telefone 2109-8668 contamos com profissionais capacitados para esclarecer dúvidas, agendar teleconsultas, realizar notificações, agendar coleta de exames conforme protocolos. Realizamos monitoramento de todos os casos positivos esclarecendo dúvidas, acompanhando a evolução clínica, orientamos quanto a isolamento e quando identificado alguma necessidade, direcionamos para teleconsulta ou o Pronto Atendimento. Todas essas ações visam a segurança para nossos beneficiários”, esclareceu Gleidson Dias.

Unimed do Brasil

De acordo com levantamento recente, feito em 12 de junho pela Unimed do Brasil, são 10.568 leitos nos hospitais próprios, sendo 8.294 comuns e 2.274 de terapia intensiva. A rede credenciada conta com mais de 151 mil leitos.

Várias UTIs foram convertidas para tratamento exclusivo de pacientes com COVID-19. Além disso, leitos de UTI semi-intensiva, e mesmo leitos normais, foram adaptados para unidades de terapia intensiva. Com isso, o Sistema já criou cerca de 439 novos leitos. Se levarmos em consideração somente os de UTI, foram 391 novas posições, que correspondem a um aumento de 20,57%.

A Unimed do Brasil está acompanhando a evolução dos casos notificados pelas operadoras e disponibilizou uma Central de Leitos às cooperativas, ferramenta gratuita que realiza uma busca ativa de leitos nos hospitais próprios mais próximos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui