Livros do Projeto Contos Locais estão em fase de finalização

15

Preparem as prensas

As histórias que delineiam a cultura e tradição de Guanhães, Divinolândia de Minas e Virginópolis, foram pesquisadas pelos estudantes das respectivas cidades e transformadas em contos pelo escritor Cristiano Augusto Lopes. Em fase de diagramação e finalização, os livros do Projeto Contos Locais têm previsão de lançamento no primeiro semestre deste ano. A iniciativa é uma realização da MC Produção, conduzido por Éderson Caldas, viabilizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da CENIBRA.

As etapas do projeto consistiram no despertar da arte de contar histórias e valorizar a cultura regional. Para isso, foram realizadas sondagens, oficinas de contação de história com professores, dinâmica e orientação para pesquisa para os estudantes, bem como acompanhamento pedagógico durante todo o processo. As ações podem ser verificadas na página do Projeto no Facebook. (https://pt-br.facebook.com/ContosLocais).

“A arte de contar histórias proporciona ensinar aos ouvintes valores como a amizade, o respeito, a sinceridade, a generosidade, a modéstia, a lealdade, tudo de uma forma simples e atrativa. Além disso, a iniciativa leva ao conhecimento e resgate da cultura regional, promovendo a apropriação da história de um local e um povo”, declara a Coordenadora Pedagógica do Projeto Janaína Dantas.

“O projeto publicará um livro sobre cada cidade, com desenhos e contos frutos da pesquisa dos estudantes da rede pública de ensino. O Contos Locais está em sua segunda edição. Em 2016, as cidades de Belo Oriente, Açucena e Santa Bárbara foram contempladas. Trata-se de um investimento cultural que estimula a educação como algo natural, atrativo e transformador”, conclui o Produtor Executivo, Éderson Caldas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui