Marilyn, Luz & Sombras

26

O teatro do Centro Cultural Usiminas vai receber no dia 18 de outubro,  às 20h, um musical que tem tido casa cheia no Rio de Janeiro e São Paulo, e que em 2020 vai rodar o Brasil em turnê nacional. Um privilégio para o público do Vale do Aço e de Ipatinga, a primeira cidade do interior do Brasil a ver o espetáculo Marilyn, Luz & Sombras, estrelado pela cantora Taryn Szpilman, interpretando Marilyn Monroe, ícone do cinema mundial.

- PUBLICIDADE -

O espetáculo é um musical, misto de teatro e apresentação musical, onde a atriz e cantora Taryn Szpilman conta, em meio às sombras, a história de Norma Jeane Mortenson, cujo nome artístico era Marilyn Monroe. Em alguns momentos a história é contada em primeira pessoa e, em outros, em terceira pessoa. A interpretação é impecável, leva a plateia às gargalhadas e às lágrimas, afinal, a vida de Marilyn Monroe é um drama e ao mesmo tempo uma comédia.

Se nas sombras a emoção se faz presente, entre um trecho e outro da história contada, as luzes se acendem e uma banda de categoria internacional, formada por Cláudio Infante (bateria), Samuel Ramos (contrabaixo e trombone), e Lulu Martin (piano), entra em cena para acompanhar Taryn Szpilman cantando os standards de Jazz que a Diva interpretou em musicais cinematográficos hollywoodianos da década 1950, assim como canções de personagens íntimos que ilustram a sua trajetória, como Frank Sinatra (com quem viveu um ardente caso amoroso), a grande amiga e Diva do Jazz, Ella Fitzgerald (lançada para o mundo e mainstream através da ajuda de Marilyn Monroe) além de temas que a homenageiam, do Rock & Roll a Bossa Nova.   

A dramaturgia revela a Marilyn Monroe que poucos conhecem, na sua dualidade de luz e sombras, pois apesar de ser a maior estrela e símbolo sexual do mundo, foi emocionalmente instável e frágil, lutando por toda a sua vida contra os seus fantasmas internos e vícios, consequência do seu histórico de abandono. 

Marilyn também foi uma mulher culta e politizada, que se posicionou de forma pioneira na indústria de celebridades contra o machismo, o racismo, e se posicionou em favor das minorias, além de ter sido uma atriz com talento acima da média, apesar da imagem limitada criada para ela.

 

EM CENA:

Taryn Szpilman – Voz e atuação 

Cláudio Infante – Bateria 

Samuel Ramos – Contrabaixo e trombone 

Lulu Martin – Piano 

Concepção do espetáculo, figurino e cenografia: Taryn Szpilman 

Fotografia: Rodrigo Castro

FICHA TÉCNICA

Claudio Infante (Direção Musical) – Diretor musical e baterista reverenciado com uma trajetória de 40 anos na MPB, gravando e acompanhando ao vivo, em turnês mundiais, músicos como Alceu Valença, Rita Lee, Ney Matogrosso, Lulu Santos, Djavan, Marisa Monte e Kid Abelha, banda da qual fez parte nos anos 80 como artista. Ministra também workshops de bateria e ritmos brasileiros pelo Brasil afora, patrocinado pelas tradicionais marcas Pearl e Zildjian.

Maria Pia Sconamilio (Direção Teatral) – Primeira coach da TV brasileira, jornalista e escritora, pesquisa o corpo, a expressão e a teatralidade há 40 anos. Escreveu uma tese sobre as relações dos músculos e as emoções que foi lida pela prestigiada diretora de cinema e TV, Tizuka Yamasaki. A partir daí, foi convidada para trabalhar com ela, desenvolvendo um método próprio para aperfeiçoar a interpretação, e se tornou a primeira coach da televisão brasileira. Foram diversos filmes, minisséries, programas de TV, novelas e uma parceria que durou 16 anos com a diretora. Recentemente dirigiu a atriz Suzana Vieira no monólogo “Água Viva”, de Clarice Lispector.

Anna Cristina Campagnoli (Dramaturgia) – Atriz, escritora, participou de inúmeras montagens teatrais, novelas, e trabalhou anos como assistente de direção de Bibi Ferreira.

Lulu Martin (Piano) – Pianista e professor de música, graduado na tradicional escola música Berklee College of Music (Boston – EUA), integrou as bandas de Lulu Santos, Rio Jazz Orchestra, Ed Motta dentre outros. É autor de métodos didáticos com 2 livros lançados.

Samuel Ramos (Contrabaixo e Trombone) – Músico de carisma singular, em sua performance, toca simultaneamente o contrabaixo e o trombone. Samuel é formado em música na UFRJ e integra  a orquestra da Força Aérea Brasileira, a Rio Jazz Orchestra, e acompanha Taryn pelos festivais de Jazz do Brasil.

Serviço:

Data: 18/10/2019
Local: Teatro do Centro Cultura Usiminas
Endereço: Av. Pedro Linhares, 3.900-A – Shopping Vale do Aço – Ipatinga/MG
Horário do evento: 20h
Abertura dos portões: 19h20
Classificação etária: 16 Anos. Menores de 12 anos entram acompanhados dos pais ou responsáveis legais

Ingresso solidário a partir de R$ 30,00 mediante doação de 1kg de alimento não perecível ou material de limpeza, na hora do evento.

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE SERVIÇO
Bilheteria do Centro Cultural Usiminas
Av. Pedro Linhares, 3.900-A – Shopping Vale do Aço – Ipatinga/MG
Terça a sexta-feira das 12h às 20h30
Sábados das 12h às 16h e das 17h às 20h30
Domingos, quando houver espetáculo, das 14h às 20h30
Venda e retirada de ingressos para os eventos do Instituto Usiminas

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS
Confira em https://www.eventim.com.br/meia-entrada as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.

Terão direito a meia entrada: professores, estudantes, menores de 18 anos (observando a classificação), maiores de 60 anos e colaboradores das empresas Usiminas, Usiminas Mecânica, Mineração Usiminas, Soluções Usiminas, Unigal e Fundação São Francisco Xavier.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui