Mutirão contra a dengue em Ipatinga já vistoriou mais de 24 mil imóveis

14

A Prefeitura de Ipatinga continua intensificando as ações para combater os criadouros do Aedes aegypti, mosquitos transmissores da dengue, febre amarela e chikungunya, nas diversas regiões da cidade. Em janeiro o município teve uma redução de casos de quase 28% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2020 foram 119 notificações e, em 2021, 89 casos.

Mutirão contra a dengue em Ipatinga já vistoriou mais de 24 mil imóveis

- PUBLICIDADE -

Nos próximos dias, o mutirão de limpeza segue com as ações pelo bairro Veneza e em seguida será a vez do Vila Celeste e Chácaras Madalena. Neste primeiro ciclo já foram vistoriados mais de 24.100 imóveis. 

Para o enfrentamento das doenças, Agentes de Combate às Endemias da Secretaria Municipal da Saúde estão reforçando as visitas casa a casa, uma vez que estudos revelam que os depósitos preferenciais dos mosquitos são encontrados dentro dos domicílios, como vasos e pratos de plantas, bebedouros de animais e caixas d’água. 

O trabalho prioriza os núcleos habitacionais que apresentaram números mais preocupantes no recente Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), realizado na primeira semana de janeiro.

De acordo com o secretário de Saúde, Juliano Nogueira, a gestão municipal está totalmente atualizada sobre os riscos e devidos cuidados da pandemia de covid-19 que preocupa a população. Mas também entende como essencial o trabalho de combate à dengue, zika e chikungunya, doenças que igualmente podem levar à morte. Por isso, as equipes estão preparadas e resguardadas com todos os cuidados possíveis para executar o trabalho. 

“Nossas equipes de agentes estão nas ruas durante toda a semana, fazendo as visitas em residências e orientando a população para que os números de notificações não cresçam no município”, esclarece o secretário. 

Os agentes são instruídos a saudar os moradores apenas de forma verbal, evitando gestos que podem fazer a transmissão do vírus. A Secretaria Municipal de Saúde também disponibiliza todos os equipamentos de segurança, além de álcool para que os agentes se higienizem constantemente durante as atividades.  

MEDIDAS PARA COMBATER A DENGUE

Para vencer as doenças geradas pelo Aedes aegypti, todos têm que colaborar. A orientação básica é manter os quintais limpos e estar atento também quanto aos perigos sinalizados na vizinhança. 

Alguns cuidados essenciais são:

– Manter a caixa d’agua com a tampa completamente vedada 

– Retirar a água acumulada na laje

– Manter as calhas desentupidas

– Guardar em locais secos e abrigados da chuva pneus velhos e outros objetos que possam acumular água

– Lavar semanalmente, com escova, a parte interna dos tanques utilizados para armazenar água

– Não usar pratos nos vasos de plantas

– Colocar latas, tampas de garrafas, cascas de ovos e outras embalagens vazias em sacos plásticos bem fechados, antes de descartá-los. 

– Manter os sacos de lixo fora do alcance de animais até o recolhimento. 

– Manter os ralos vedados e desentupidos

– Trocar, semanalmente, a água dos vasos com plantas aquáticas e lavar a parte interna com escova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui