Novo prefeito de Ipatinga discute com a Copasa melhorias na prestação de serviços 

20

O NOVO PREFEITO de Ipatinga se reuniu com os diretores da concessionária dos serviços de água e esgoto no município ao lado de alguns de seus secretários

- PUBLICIDADE -

O novo prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, recebeu na manhã desta sexta-feira (8), na sala de reuniões de seu gabinete, vários diretores da Copasa – Companhia de Saneamento de Minas Gerais, prestadora dos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto no município. Na oportunidade, o chefe do Executivo foi apresentado e pôde dialogar com o presidente da empresa, o engenheiro Carlos Eduardo Tavares de Castro, que está à frente da Companhia desde julho do ano passado. 

Além do presidente da Copasa, também estiveram presentes no encontro o superintendente de Operação no Vale do Rio Doce e Vale do Aço, Albino Júnior Batista Campos; o gerente de Concessão Cristiano Lara, e a gestora de Relações Institucionais, Joice Solano. O prefeito estava acompanhado do Procurador Geral do município, Daniel Andrade Resende Maia, e titulares de outras três secretarias: Roberto Silva Soares (Governo), Célio Roberto de Andrade (Serviços Urbanos e Meio Ambiente) e Léo Werneck (Comunicação Social).

Demandas do município 

Durante o encontro, Gustavo Nunes, seus assessores e os membros da diretoria da Copasa discutiram projetos e ações necessários ao aperfeiçoamento e melhoria da prestação de serviços da companhia no município. O chefe do Executivo aproveitou para alertar a empresa sobre os problemas recorrentes de falta de água em alguns dos bairros da cidade, que têm gerado muitos transtornos à população. Um exemplo citado pelo prefeito é a situação vivida atualmente pelos moradores do conjunto habitacional do Nova Esperança.  

“Recebi prontamente os representantes da Companhia, porque entendo que a Administração municipal necessita de um bom relacionamento com a prestadora de serviços para que possamos alinhar algumas demandas. Certas questões incomodam bastante e requerem soluções ágeis para atender a nossa comunidade. Nossa equipe pontuou problemas mais urgentes como a falta de água em alguns bairros. No bairro Nova Esperança, os moradores dos apartamentos do conjunto habitacional me relataram que o quadro é insustentável. Em três dos sete dias da semana eles ficam sem água. Isso é inadmissível e precisa ser corrigido.  Por isso essa visita inicial é de extrema importância para alinharmos providências que precisam ser tomadas em nome de um relacionamento mais satisfatório com a atual Administração”, relatou o prefeito.

Outras demandas de curto, médio e longo prazo também foram discutidas. Para dar prosseguimento às conversações, uma reunião técnica foi agendada para o próximo dia 22. 

“Temos muitos questionamentos a serem feitos para a Copasa até mesmo para entendermos com mais amplitude o processo da concessão outorgada pelo município. Por isso, solicitei o levantamento de alguns dados tanto por parte da companhia quanto das nossas secretarias. Uma coisa é certa: vamos fazer tudo para corrigir os erros, lutar pela melhoria do serviço, tudo em prol de um atendimento de maior qualidade à população”, finalizou Gustavo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui