Pacto das Águas sela compromisso para preservação de microbacia em Iapu

17

A assinatura do Pacto das Águas é uma das etapas do programa Pró-Mananciais da Copasa, para recuperação e preservação de mananciais

 

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) assumiu o compromisso de continuar desenvolvendo ações para a revitalização e preservação da microbacia do Ribeirão Santo Estevão, em Iapu. Em conjunto com a Prefeitura do município, integrantes da comunidade local e representantes de outros órgãos, a Companhia firmou Pacto das Águas.

Na oportunidade, cerca de 150 pessoas assistiram à apresentação do projeto sociocultural “Batuque Batucada”, formado por crianças do município que transformam resíduos sólidos em instrumentos musicais; ao espetáculo de dança “País das Águas”, dos alunos da Escola Municipal Jair Fernandes de Melo; e à apresentação do Grupo da Folia do Divino Espírito Santo, formado por agricultores da região. O evento contou, ainda, com o batismo simbólico das nascentes e uma entrega, dos alunos aos produtores rurais, das placas com o nome de cada nascente.

Por meio do Pró-Mananciais, foram executados aproximadamente 5.280 metros de cercamento em áreas de nascentes e realizado o plantio de 8.500 mudas nativas. Entre as ações previstas está a construção de uma cisterna de 50 mil litros na Escola Estadual Frei Marcelino de Milão, além de 165 barraginhas para contenção da água de chuva, quatro fossas rurais e instalação de um sistema agroflorestal.

Integrante do Coletivo Local de Meio Ambiente (COLMEIA), Aldrin Carlos Reggiani Assis, destacou a relevância da iniciativa para o município. “Participar de programas que busquem a sustentabilidade é importante e faz parte da nossa missão. Com o trabalho do COLMEIA, podemos atingir o objetivo de proteger e recuperar os recursos hídricos da nossa região”, explica.

Segundo o gerente da Divisão de Ações Ambientais da Copasa, Alessandro Palhares, o Pró-Mananciais tem refletido ótimos resultados para Minas Gerais. “É um programa que vem crescendo e que tem foco na recuperação ambiental da quantidade e da qualidade da água, por meio da mobilização da comunidade. Até o momento, já foram realizados o plantio de cerca de 319 mil mudas e mais de 585 mil metros de cercamento de nascentes em todo o estado”, afirma.

Coletividade e Meio Ambiente

No programa Pró-Mananciais, o Coletivo Local de Meio Ambiente (COLMEIA) de Iapu, investe em ações para recuperação e preservação dos mananciais pertencentes à microbacia do Ribeirão Santo Estevão.  Participam da iniciativa os seguintes parceiros: Prefeitura Municipal de Iapu, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater), Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Banco do Brasil, Conselho Municipal do Desenvolvimento Rural Sustentável e Cooperativa dos Agricultores.

Chuá Socioambiental

Em Iapu, a Escola Estadual Frei Marcelino de Milão recebeu o Seló Chuá “Escola Amiga do Meio Ambiente”, um reconhecimento pelas ações desenvolvidas na instituição pelo Programa Chuá Socioambiental, que promove atividades de sustentabilidade buscando despertar a conscientização ambiental nas escolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui