Por meio do edital de projetos da Fundação Aperam Acesita, fachadas de casas são revitalizadas na Comunidade do Morro do Carmo

18
Uma das ações de destaque realizadas por meio do projeto foi a revitalização das fachadas das casas de moradores da rua Alex Souza Silva

A Fundação Aperam Acesita, por meio de seu edital de projetos 2019, tem realizado diversas ações em prol das comunidades onde atua. Uma dessas iniciativas é o projeto Minha Comunidade Morro do Carmo. Realizado pelo IPREVAL – Instituto Presbiteriano do Vale do Aço, o qual visa prestar serviços de assistência social, educacional e cultural voltado para as comunidades de maior vulnerabilidade, o projeto tem como objetivo prestar atendimento às famílias, com atenção especial à infância e adolescência, com o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

Uma das ações de destaque realizadas por meio do projeto foi a revitalização das fachadas das casas de moradores da rua Alex Souza Silva, localizada no Bairro Nossa Senhora do Carmo, mais conhecido como Morro do Carmo, em Coronel Fabriciano. A ideia busca, por meio de cores, dar mais vida à comunidade local. Participantes do projeto e moradores do Morro do Carmo realizaram um mutirão de pintura, ponto alto do projeto. Dona Maria Aparecida é uma das moradoras que colabora com a iniciativa. Há 55 anos, vivendo no bairro, ela conta que é uma alegria muito grande poder receber projetos como esse em sua rua. “O Morro do Carmo está mais bonito e alegre. Participei de todo o projeto colaborando com os meus vizinhos e eles também me ajudaram a pintar a minha fachada. Foi um trabalho coletivo muito bonito. ”, destaca.

“As cores vêm transformando o Morro do Carmo, e isso nos dá muito orgulho. Cor é vida, levanta o astral e gera otimismo dentro da comunidade. Esperamos que essa ideia se multiplique, e que possamos, não só transformar uma rua, mas todo o Morro do Carmo”, destaca o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino.

Ao todo, o projeto revitalizou 50 casas. De acordo com o presidente do IPREVAL, Hudson Menezes,  o projeto foi viabilizado graças aos diversos parceiros que abraçaram o propósito. “Esse projeto ganhou força com a parceria da Fundação Aperam Acesita. Já fomos apoiados pela empresa em anos anteriores e só temos que agradecer pela confiança em nosso trabalho”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui