PREFEITURA DE TIMÓTEO CUMPRE DECISÃO JUDICIAL

196

Justiça determina demissão de contratados da prefeitura de Timóteo.

    A Prefeitura Municipal de Timóteo cancelou contratos irregulares de servidores, a partir dessa sexta-feira (13/07), por meio de determinação judicial.

- PUBLICIDADE -

   O secretário de Administração, Daniel Souza Almeida, afirmou que no início da gestão do prefeito Adriano Alvarenga, haviam 812 servidores contratados mas que, por ordem da Justiça, definiu-se o cancelamento de todos os contratos irregulares. A Procuradoria Geral, juntamente com as Secretarias de Obras e de Assistência Social fizeram duas tentativas para tentar reverter a situação, sem sucesso.

   Foram demitidos 90 funcionários da Secretaria de Obras no início da gestão interina do prefeito Adriano Alvarenga. Nesta sexta-feira (13/07) foram demitidos mais 198 servidores da Obras e 43 da Assistência Social. Estes terão o seu acerto realizado na próxima segunda-feira (16/07).  

  As demissões deveriam ter sido realizadas na administração passada, responsável pela irregularidade dos contratos. Ao assumir interinamente a Prefeitura, Adriano Alvarenga teve conhecimento de que esse pedido já estava em andamento por meio do Ministério Público O secretário de Administração, Daniel Souza Almeida, reconheceu o “quanto as secretarias de Obras e Assistência Social serão prejudicadas com essas demissões, porém o município precisa desta limpeza”.

  O Ministério Público liberou a permanência de 481 funcionários, por serem considerados cargos de serviços essenciais para a comunidade.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui