Produtores rurais de Ipatinga recebem orientações sobre fabricação de doces

171

AS INSCRIÇÕES foram preenchidas preferencialmente por associados da Agrifipa – Associação de Agricultura Familiar de Ipatinga

- PUBLICIDADE -

O curso é aplicado por Andréa Rolla Campos, instrutora do Senar

CRÉDITO: secom-pmi

Em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem) e o Sindipri (Sindicato dos Produtores Rurais de Ipatinga), a Prefeitura de Ipatinga iniciou nesta segunda-feira (18), através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, um curso de fabricação de doces dirigido a produtores rurais do município. A ministração prossegue até a próxima sexta-feira (22) e acontece na sede da Agrifipa (Associação de Agricultura Familiar de Ipatinga), situada na comunidade do Pedra Branca.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luís Henrique Alves, explica que o objetivo é ampliar o horizonte de geração de renda aos produtores rurais. “Estamos acrescentando mais essa opção aos produtores, uma vez que até então o trabalho tem sido focado especialmente na produção de biscoitos e bolos”.

O curso é aplicado por Andréa Rolla Campos, instrutora do Senar. ”Nossa meta é capacitar os produtores rurais com a fabricação artesanal de doces caseiros com frutas cristalizadas, compotas, pastas e geleias. Vamos procurar trabalhar com frutas típicas da região, para valorizar ainda mais os produtores do município”, detalhou.

A prioridade das inscrições foi dada aos associados da Agrifipa, mas outros produtores interessados também puderam participar do curso, que tem uma carga de 40 horas. A expectativa é que através da qualificação profissional novas oportunidades mercadológicas surjam e, consequentemente, haja mais incentivos ao trabalho no campo, valorizando a comunidade local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui