Professora Conceição Monteiro completa 40 anos de luta pela Educação

64

Indicada pelo vereador Marcos da Luz, sindicalista é homenageada pela CMCF

- PUBLICIDADE -

Fabriciano – Para marcar a passagem do Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal de Coronel Fabriciano realizou nesta quarta-feira (11) uma sessão solene em homenagem às mulheres que se dedicam à uma sociedade melhor.

Entre as homenageadas, destaca-se a professora e ex-vereadora Conceição Monteiro, que completou 40 anos de luta sindical em defesa da educação pública, cuja homenagem foi indicada pelo vereador Marcos da Luz (PT).

Natural de Dom Silvério, ela mudou-se para Fabriciano junto com seus pais Lincoln Monteiro de Castro e Rhea Sílvia de Castro e mais oito irmãos, há cinquenta anos atrás.

Conceição Monteiro tornou-se cidadã fabricianense, porque aqui viveu toda sua juventude, estudou Magistério no Colégio Angélica e o primeiro ano do curso de Letras na antiga UT (Universidade do Trabalho), hoje Unileste.

Foi para Belo Horizonte e formou-se em Letras, pelo curso de Expansão e Melhoria do Ensino Médio, formação e preparação específica para o exercício do magistério nas escolas-modelo Polivalente. Deu continuidade aos estudos, com os cursos de literatura brasileira e portuguesa e estatística, na cidade de Caratinga. Fez pós-graduação em literatura em São Paulo. 

Como servidora pública, ela trabalhou na Escola Estadual Polivalente de Coronel Fabriciano por 35 anos, como professora de língua portuguesa e aposentou-se no ano de 2007. Cursou Administração de Empresas e Ciências Contábeis por dois anos e seis meses.

Professora Conceição Monteiro iniciou-se no movimento sindical da educação em 1979, na fundação da antiga APVA (Associação dos Professores do Vale do Aço), que antecedeu a UTE (União dos Trabalhadores da Educação), atual Sind-UTE, com participação em toda a jornada de lutas dos trabalhadores em educação nas últimas quatro décadas.

Defensora e lutadora por uma escola pública de qualidade, democrática, para todos e pela dignidade do exercício de cátedra, ela é ainda titular de uma extensa trajetória política. Participou da fundação da Central Única dos Trabalhadores e do Partido dos Trabalhadores no início da década de 1980. 

Mandato parlamentar

Foi a primeira mulher a disputar a prefeitura em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, em 1988. Foi novamente candidata à prefeita em 1992 e vereadora eleita, exercendo o mandato entre 2005 a 2008. Antes, foi secretária municipal de Educação em Ipatinga. Presidente da CUT Regional Vale do Aço, de 2017 a 2019. 

É atualmente diretora estadual do Sind-UTE e membro da direção da subsede Coronel Fabriciano/Timóteo. “Conceição tem como diretriz que nenhum país do mundo alcançará sua soberania se não investir parte importante de seu PIB na educação e no avanço das ciências e tecnologias”, descreve Marcos da Luz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui