Programas de regularização fundiária de cidades da região são apresentadas em audiência na ALMG

32
Vargem Alegre

As experiências de regularização fundiária de municípios do Leste mineiro serão tema de uma audiência pública nesta segunda-feira (15), a partir das 14h, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Serão apresentados os trabalhos executados atualmente em Vargem Alegre, Bom Jesus do Galho e Santana do Paraíso, tendo como base a Lei 13.465/2017, que instituiu o Programa de Regularização Fundiária Urbana (REURB).

Deputado Coronel Sandro

A audiência foi proposta pelo deputado estadual Coronel Sandro (PSL), da Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da ALMG, por meio do Requerimento 1.784/2019. Nessa audiência serão apresentadas as vantagens da regularização fundiária urbana para assegurar os títulos de propriedades a famílias que atualmente ocupam imóveis urbanos sem que possuam os registros públicos.

- PUBLICIDADE -

A regularização fundiária é uma iniciativa que, além de assegurar o direito à propriedade, com a entrega de escrituras registradas em Cartório, valoriza os imóveis e possibilita a busca de financiamentos na área habitacional. O programa oferece uma série de vantagens aos beneficiários.

Santana do Paraíso

REGIÃO É PIONEIRA

O Leste mineiro é uma das regiões pioneiras, em nível nacional, a realizar esse trabalho de regularização fundiária. Na audiência pública da ALMG serão apresentadas as experiências das cidades da região que já implantaram o REURB. Além dos prefeitos de Vargem Alegre (Neudmar Campos – Mário), Bom Jesus do Galho (William Calais) e Santana do Paraíso (Luzia de Melo), foi convidada a empresa NMC Projetos e Consultoria, que hoje executa o programa na região e irá apresentar os resultados do trabalho de legalização fundiária.

Além da realização da audiência pública, o deputado Coronel Sandro apresentou na ALMG o Projeto de Lei nº 870/2019, que institui o Programa de Regularização Fundiária Urbana em Minas Gerais, tendo por base a Lei 13.465 e os projetos executados atualmente pela NMC Projetos e Consultoria. “O objetivo é possibilitar que cada família que enfrenta esse problema, da falta de escritura registrada em Cartório, tenha o título do domínio de sua propriedade urbana a um custo mínimo e razoável”, justifica o deputado mineiro do PSL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui