Projeto Oficinas Culturais – Mostra de Cenas Curtas lança programação online

17
foto Leo Coessens

O projeto Oficinas Culturais – Mostra Cenas Curtas abre sua programação nesta quinta-feira (16/09) com a exibição online de trabalhos artísticos inéditos, produzidos por artistas da Região do Vale do Aço. São 12 artistas, 06 diretores/diretoras e 06 atores/atrizes, que integraram o grupo de trabalho selecionado para montagem de cenas inéditas, sob a orientação do diretor Márcio Abreu, da Cia. Brasileira de Teatro.

Bárbara Pavione, Daniela Alves, Léo Coessens, Luzia di Resende, Marrione Warley e Pedro Barroso integram o time de diretores das Cenas Curtas que tem no elenco Camile Gracian, Diego Martins, Éderson Caldas, João Carlos Cardoso, Liala Coelho e Mari Antonacci. 

- PUBLICIDADE -

O PROJETO

Oferecer formação e experiencia nas artes cênicas tem sido a tônica do projeto Oficinas Culturais – Trocas Coletivas, em 20 anos de atividades. Com uma curadoria compartilhada, com os artistas que participam de cada edição, promove interação com grandes nomes da cena nacional. 

Mostra Cenas Curtas é uma extensão do projeto e, por meio da integração, encontros e trocas de experiências entre artistas locais, promove a concepção de obras que compõem a programação da mostra. É realizada pelo diretor, produtor e ator Claudinei de Souza, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura do Governo de Minas Gerais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal nos termos da Lei Federal 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc. 

De acordo com o empreendedor e coordenador geral do projeto, Claudinei de Souza, o processo de montagem dos trabalhos artísticos proporcionou, mesmo em um período de pandemia, um intercâmbio e a troca de experiências entre os artistas participantes. “Todo o processo foi feito por meio de plataforma online e foi muito enriquecedor. Esses artistas, sob a orientação de Márcio Abreu, grande nome das artes cênicas, no cenário nacional, desenvolveram trabalhos potentes e belíssimos que agora estrearão na programação do Oficinas Culturais”, destaca Claudinei. 

 

PRIMEIRA SEMANA

Com direção de fotografia e montagem assinada por Léo Coessens, três cenas entram em cartaz na primeira semana de exibições. No dia 16 de setembro, Éderson Caldas apresenta “Violação”, que foi dirigida por Daniela Alves, com texto de Adilson Mariano. A cena propõe reflexões sobre as diversas violações que sofremos cotidianamente, desde os inícios dos tempos. 

Antes que o Silêncio Desnude Vazios – foto Marceli Pereira.

A segunda cena entra será apresentada no dia 17 de setembro. “Antes que o Silêncio Desnude Vazios” foi dirigida por Marrione Warley com atuação de Diego Martins. Marrione destaca que a cena transita entre o real e o ficcional e observa as vivências do ator Diego Martins, para falar sobre a construção de suas identidades. 

E no dia 18 de setembro Liala Coelho nos brinda com “Menu”, dirigida por Bárbara Pavione. Liala, uma Atriz-Performer-Educadora, abre a voz sobre diversos assuntos enquanto prepara um jantar. 

A programação do projeto Oficinas Culturais – Mostra de Cenas Curtas será exibida no Youtube: Oficinas Culturais Ipatinga. Após a exibição de cada cena bate papo aberto no instagram @oficinas_culturais_ipatinga com os artistas envolvidos. 

Serviço:

Oficinas Culturais – Mostra Cenas Curtas

YouTube: Oficinas Culturais Ipatinga

Sempre às 20h

16 de setembroViolação, com Éderson Caldas e direção de Daniela Alves

17 de setembroAntes que o Silêncio Desnude Vazios, com Diego Martins e direção de Marrione Warley 

18 de setembro Menu, com Liala Coelho e direção de Bárbara Pavione

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui