Servidores municipais do Vale do Aço participam de capacitação na área de Saneamento Básico

76
A capacitação contou com representantes de mais de dez municípios da região

Servidores de mais de dez prefeituras da Região Metropolitana do Vale do Aço e Colar Metropolitano estiveram presentes na capacitação “Processo de Desenvolvimento do Plano de Saneamento Básico”. O curso foi dividido em partes teóricas e práticas, com estudo de casos e explanação dos participantes. A capacitação foi realizada pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço em parceria com o CEFET-MG Campus Timóteo.

- PUBLICIDADE -

Ao longo da quinta-feira (27), os técnicos e gestores municipais trocaram experiências e saíram com ainda mais conhecimento após a troca de informações com o diretor-geral do CEFET-MG Campus Timóteo, Erick Brizon D’Angelo Chaib e o professor do CEFET-MG, mestre na área de Saneamento Básico, Flávio Barony. Previsto pela Lei Federal 11.445/2007, o Plano de Saneamento Básico (PMSB) deve ser implantado pelas administrações municipais até o dia 31 de dezembro deste ano. 

Durante o treinamento, técnicos tiveram momentos de teoria e prática relacionados ao Plano Municipal de Saneamento Básico

Panorama

Segundo a assessora técnica especializada em Meio Ambiente da Agência de Desenvolvimento da RMVA, Ariane Silva, a capacitação foi relevante para levantar o panorama geral referente ao andamento do Plano Municipal de Saneamento Básico nos municípios da região. “Dos municípios que participaram do curso todos possuem o plano elaborado. Alguns já estão com o plano aprovado na Câmara de Vereadores e poucos estão na fase de execução. Os representantes das administrações municipais viram a relevância que tem o repasse dos dados das ações executadas na área de saneamento”, ressaltou Ariane.

A assessora de Meio Ambiente da Prefeitura de Pingo D’Água, Ana Paula Carvalho Lima, enfatizou que a discussão em grupo auxilia na resolução de problemas enfrentados em cada cidade. “A capacitação teve uma abordagem de extrema importância. Este é o momento que os municípios tiveram condição de compartilhar o que está sendo desenvolvido, quais são as dificuldades, e de buscar a melhor forma de resolver as situações para alcançar o objetivo final da elaboração do PMSB e sua execução. O Plano contém todo o planejamento da Administração Pública para os segmentos de resíduos sólidos, tratamento de esgoto, drenagem urbana e abastecimento de água. O PMSB é um norte para ações que envolvem, além do meio ambiente, a saúde pública e questões econômicas do município”, destacou Ana Paula.

Para a subsecretária de Meio Ambiente da Prefeitura de Timóteo, Lucília Moraes, o treinamento veio em um momento crucial para os municípios. “A Agência de Desenvolvimento da RMVA tem uma visão geral da situação dos municípios da região. Portanto, foi percebido um ponto de necessidade de capacitação em relação ao PMSB. Vimos que há municípios que já possuem a lei que regulamenta o Plano e outros ainda não possuem esta lei. Foi mostrado de qual a forma o PSMB pode ser trabalhado”, pontuou Lucília.

O diretor-geral do CEFET-MG Campus Timóteo, Erick Brizon, frisou que os principais pontos do curso foram atingidos. “Consideramos muito positiva a participação dos técnicos municipais de diversas áreas. O nosso objetivo de passar o que é o PSMB, como elaborar, como transformá-lo em lei de âmbito municipal e o potencial de captação de recursos por meio da elaboração do Plano foi alcançado”, avalia o diretor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui