Sindcomércio leva demandas de empresários ao prefeito de Ipatinga 

26
Tiago Barcelos e José Maria Facundes cobraram investimentos no comércio local  Foto: Emmanuel Franco 

Entidade também apresentou uma série de projetos que podem colaborar com a gestão de Gustavo Nunes 

- PUBLICIDADE -

IPATINGA – Representantes do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço reuniram-se, nesta terça-feira (19), com oC. A entidade patronal procurou o chefe do Executivo para apresentar uma série de projetos que podem beneficiar tanto o empresariado local como toda a comunidade.


De acordo com o presidente do Sindcomércio, José Maria Facundes, estar em sintonia com o novo prefeito e o seu secretariado é importante para que a entidade possa ser o elo entre os lojistas da cidade e o Executivo municipal. 

“São muitas as demandas que os comerciantes de Ipatinga nos trazem, diariamente. Há anos temos tentado trabalhar com as prefeituras da região em alternativas que criem novas opções de estacionamento nos centros, por exemplo”, explica Facundes, que ainda complementa: “Gustavo Nunes é ‘sangue novo’ e tem quatro anos de gestão pela frente. Ressaltamos com ele a necessidade de investimentos no comércio local que resultem, de fato, no aumento das vendas e consequente crescimento das empresas, gerando ainda mais empregos.”

Segundo o dirigente sindical, o novo prefeito foi receptivo e
entendeu que é preciso explorar as potencialidades do comércio de Ipatinga. “O Vale do Aço é uma referência comercial. Muita gente – algumas residem até fora do nosso colar metropolitano –, vem às nossas cidades fazer compras durante todo ano e, sobretudo, em vésperas de datas comemorativas. Sindcomércio e Prefeitura de Ipatinga vão trabalhar juntos para atrair ainda mais este público e criar mecanismos para receber cada vez melhor os consumidores”, garante Facundes. 

Braço social e educacional 

Por último, o dirigente patronal ressaltou que o Sindcomércio é o “braço” do Sesc (Serviço Social do Comércio) e do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) na região. “Mesmo em tempos de pandemia, estamos buscando novos projetos e ações que contemplem todo o Vale do Aço. Quando tudo voltar ao normal, retornarão também os eventos do Sesc e ainda estamos trabalhando para ampliar nossas escolas do Senac”, revela Facundes. O sindicato patronal é responsável, por exemplo, por viabilizar na região edições do “Minas ao Luar”, evento musical que tradicionalmente atrai milhares de famílias.
A reunião ainda contou com a participação do vice-prefeito, Allex Imóveis, e do Secretario de Governo, Roberto Silva Soares, além dos assessores do Sindcomércio, Tiago Barcelos e Emmanuel Franco.          

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui