Unileste realiza seminário sobre desafios da educação

233

Nesta quinta-feira (26), a partir das 19h, o curso de Pedagogia do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste) realiza o Seminário “Paulo Freire: urgências, emergências e o desafio da educação dialógica”. O evento, que ocorre no Auditório Senhor Zezinho, campus Coronel Fabriciano, contará com a presença do sociólogo e pesquisador na área da educação, o professor Miguel Arroyo, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

De acordo com Tereza Cristina Cota, coordenadora do curso de Pedagogia, o evento tem o objetivo de analisar as concepções, contribuições e o legado de Paulo Freire para a educação brasileira. Além disso, discutirá acerca da desumanização e opressão no interior das instituições de ensino da educação básica.

- PUBLICIDADE -

Para a docente, será um momento importante para os alunos de Pedagogia. “Há riqueza no diálogo do professor Miguel Arroyo, que muito contribuirá para o entendimento dos discentes sobre a trajetória de Paulo Freire e sua importância para a educação brasileira. Os estudantes terão, também, a possibilidade de conhecer o trabalho do próprio Miguel sobre a formação de professores, as políticas públicas, e o cenário atual da educação brasileira com os seus reflexos na educação básica”, reflete.

 

O palestrante

Miguel Gonzáles Arroyo é formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) (1970) e doutor em Educação pela Stanford University nos Estados Unidos (1976), é professor Titular Emérito na Faculdade de Educação da UFMG. Possui Pós-Doutorado pela Universidade Complutense de Madrid (1991). É também autor de diversos livros, entre eles: Currículo, território em disputa; Da escola carente à escola possível; Imagens quebradas: trajetórias e tempos de alunos e mestres. Atualmente, tem acompanhado propostas educativas em várias redes estaduais e municipais do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui