Unimed Vale do Aço trabalha Segurança da Informação da Pessoa Idosa em projeto Viva Bem

Idosos do centro de convivência “Vivaidade”, em Coronel Fabriciano, assistiram a uma palestra sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A ação, de iniciativa da Unimed Vale do Aço, integra o projeto Viva Bem, que leva conhecimento a terceira idade. A temática da atividade foi escolhida em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado neste 15 de junho.

Com o intuito de alertar os idosos sobre os tipos de golpes, crimes cibernéticos e importância de preservar seus dados sensíveis, a advogada da Unimed Vale do Aço, Tássia Franco, e a auxiliar jurídico, Ana Luizzi Taveira, conduziram a palestra mencionando casos atuais como forma de sensibilizá-los e informá-los sobre as práticas de segurança da informação.

“Os idosos são alvos constantes de golpes, muitas vezes por sua ingenuidade ou confiança que eles acabam depositando em quem aplica a fraude. Atitudes simples, como oferecer um empréstimo facilitado, um aumento na aposentadoria, uma ligação, entre outras, são ações que podem levar a coleta indevida de dados e ocasionar em um golpe. Por isso vimos como essencial falar sobre a segurança das informações como meio importante para proteger os dados pessoais e confidenciais, e alertar sobre golpes comuns e a relevância de não fornecer dados pessoais a terceiros”, explicou Tássia Franco. 

Ao longo da palestra, o público tirou dúvidas sobre o tema e foi instruído sobre medidas a serem adotadas para prevenir, identificar e denunciar eventuais golpes. “A internet nos trouxe uma série de vantagens e facilitou o acesso à informação, porém, também é um ambiente fértil para fraudes. O número de idosos com acesso a celular cresceu muito nos últimos anos, e paralelo a isso o número de golpes no meio virtual. Saber identificar um link com ameaça de vírus, um site duvidoso, não divulgar dados ou clicar em qualquer página sem saber sua veracidade é essencial para evitar transtornos. E caso seja vítima, procurar as autoridades é fundamental. Tivemos mudanças na lei em relação a crimes cibernéticos e ações no meio virtual não ficam impunes”, concluiu a advogada da Unimed Vale do Aço.

Sobre o projeto

O Projeto Viva bem é uma iniciativa da Unimed, realizada desde 2006. Ele tem como objetivo ofertar aos idosos participantes informações sobre prevenção e cuidados, trazendo temas relacionados aos aspectos físicos e emocionais do público da terceira idade. Além de proporcionar momentos de integração e socialização, as palestras ensinam ao público hábitos de vida saudáveis.

O projeto Viva Bem está alinhado ao 7° princípio do cooperativismo, que é o interesse pela comunidade, e é realizado mensalmente pelo setor de Responsabilidade Social da Unimed Vale do Aço. Ele abrange três centros de convivência para a terceira idade dos municípios de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui