Atacado e varejo: Ipatinga autoriza em decreto a reabertura de comércio

PUBLICIDADE

Bares e restaurantes permanecem no sistema delivery e retirada no balcão, conforme a Onda Roxa

- PUBLICIDADE -
SVA
Usiminas
Câmara Ipatinga
Unimed Vale do Aço
Sesi – Senai
FSFX
PMI VACINAÇÃO
Copasa
AAPI
Giganet

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (8), o prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, informou que o governo municipal decidiu flexibilizar o funcionamento de comércios de atacado e varejo, para resguardar um amplo leque de setores da economia local em paralelo com medidas efetivas de estruturação da rede de saúde que têm sido adotadas. Um decreto regulamentando as normas já foi publicado no Diário Oficial, sob o número 9.636, com fixação de regras especiais para as atividades na cidade em meio à “Onda Roxa” imposta pelo Governo do Estado por meio da Deliberação n° 130, que vigora desde 17 de março.

Para tomar a decisão, o chefe do Executivo levou em conta a necessidade de subsistência de muitas empresas, já sacrificadas com sérios reflexos em relação à manutenção de empregos e geração de renda básica. “Continuamos agindo em diversas frentes, visando conter o avanço do vírus, proteger a população das contaminações e também tratar os doentes. Ampliamos a cobertura vacinal e reestruturamos a rede de atendimento, intensificamos as campanhas voltadas para o respeito aos protocolos sanitários. Estamos nos esforçando para manter a fiscalização atuante mesmo com insuficiência de pessoal. Agora, cabe também aos estabelecimentos nos ajudarem com a disciplina, a redução dos potenciais de risco em suas áreas de atuação”, observou o prefeito. 

“Desde que o Governo Estadual ordenou essa série de medidas restritivas, nosso dever de casa está sendo cumprido à risca. Em apenas 14 dias, Ipatinga reestruturou o sistema de saúde local e elevou-o a outro patamar. Portanto, hoje, no intuito de preservar a economia, iremos flexibilizar o funcionamento do comércio em nossa cidade”, disse.

 

FUNCIONAMENTO

Segundo o decreto a ser publicado, com vigência a partir desta sexta-feira (9), além dos setores considerados essenciais poderão funcionar, no horário de 5h às 20h, estabelecimentos atacadistas e varejistas, desde que obedeçam a todos os protocolos sanitários. Bares e restaurantes continuarão atendendo apenas no sistema de delivery. 

De acordo o secretário municipal de Saúde, Cléber de Faria, tal flexibilização só está sendo possível graças a um trabalho de muito foco no combate à pandemia desenvolvido pela administração municipal. “Nos últimos dias, trabalhamos de forma ininterrupta e conseguimos diminuir a taxa de transmissão. E com a abertura do Hospital de Campanha e a abertura de novos leitos, a taxa de ocupação também tende a ser reduzida”. 

PARCERIAS

A Administração municipal destaca que a reestruturação do sistema de saúde local está sendo viabilizada graças ao princípio de diálogo que tem norteado as ações de governo desde os primeiros dias da gestão.

Segundo o secretário de Governo Roberto Soares, “portas que estavam fechadas estão sendo abertas, e este salto de qualidade na saúde do município foi possível graças à sensibilidade e ajuda de vários setores da iniciativa privada. “Ipatinga, assim como os municípios de todo o país, de uma forma geral, vem sendo muito afetada também quanto à sua saúde financeira. E essa cooperação que extrapola as esferas do poder público tem sido fundamental. A implantação do Hospital de Campanha é o exemplo mais eloquente dos resultados positivos que temos alcançado com esta somatória de forças”, observou, para completar em seguida: “A administração municipal se sente imensamente grata também aos servidores que têm se desdobrado na linha de frente de combate a esse terrível vírus que assola todo o mundo, sacrificando também suas famílias e muitas vezes seus finais de semana em prol do bem-estar da coletividade”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui