Bom Retiro revela potencial de crescimento 

A ausência de grandes variações de relevo facilita a mobilidade pelo Bom Retiro
PUBLICIDADE

Bairro se destaca por sua localização privilegiada e infraestrutura

IPATINGA – O bairro Bom Retiro vem se destacado entre as regiões potenciais de expansão no município. Com uma população de 4.214 habitantes, distribuída em uma área de 1,1 km², o bairro combina infraestrutura urbana com localização estratégica que motiva as pessoas a se interessarem pela região.

- PUBLICIDADE -
Sesi – Senai
Giganet
AAPI
Usiminas
EXPO USIPA

Nos últimos anos, Bom Retiro recebeu importantes obras que colaboraram para essa atratividade, como a instalação de iluminação em LED na ciclovia da Avenida Pero Vaz de Caminha, desde a Avenida Fernando de Noronha até a portaria da Usiminas. Essa intervenção faz parte dos projetos de modernização e ampliação das redes de energia elétrica, elaborados para atender diversos pontos da cidade identificados como áreas de luminosidade insuficiente.

Uma das principais atrações do bairro é a Unidade 2 do Hospital Márcio Cunha, referência na região, além da universidade e diversas clínicas, que fazem do Bom Retiro um centro de excelência em educação e saúde.

“O Bom Retiro é considerado um dos bairros mais completos de Ipatinga. Além de serviços de saúde e educação, o bairro oferece todos os serviços essenciais e diversas opções de lazer. A vida noturna é animada, com casas de shows, lanchonetes e bares, além de contar com o clube Industrial, campos de futebol e várias praças”, enumera Isná Figueiredo, engenheiro civil, acrescentando que outra vantagem do Bom Retiro é a proximidade com outros bairros, como o Horto, e o fácil acesso à BR381 de acesso a BH e a outras cidades sentido à capital de  Minas, além de municípios que compõem o Colar Metropolitano do Vale do Aço.

Outra característica do Bom Retiro é a predominância da topografia plana, que facilita a implantação de redes de água, esgoto, eletricidade e comunicação, além de favorecer a mobilidade.

Osório Souto, morador do bairro Bom Retiro desde 1963, diz que sua trajetória foi traçada sem perder de vista suas origens, o lugar onde cresceu e viu crescer. “Já trabalhei fora, inclusive, no exterior, mas a minha raiz está aqui no Bom Retiro”.

Além da boa estrutura do bairro, Osório conta que preza muito a amizade das famílias pioneiras que vivem na localidade. “Bom Retiro é rico ainda em programações culturais. A vida noturna também é um dos atrativos do bairro que atrai pessoas de outras regiões, de outras cidades. Ainda podemos contar com um bairro amigo, um bairro vizinho com uma estrutura que também nos favorece em termos de rede bancária, lojas. Considero o Bom Retiro como a capital de Ipatinga”.

HISTÓRIA

O bairro Bom Retiro, remontando ao ano de 1960, quando foi planejado pelo arquiteto Raphael Hardy Filho como parte do primeiro plano urbanístico de Ipatinga, se chamava de Vila Operária. Inicialmente, a área do bairro era utilizada como um curral pela Usiminas, para fornecer leite aos seus funcionários e suas famílias, o que originou o nome “Retiro”.

As ruas do Bom Retiro homenageiam pessoas importantes para a construção da história do Brasil, e sua localização é privilegiada. “O potencial de crescimento de Bom Retiro é evidente, e as contínuas melhorias na infraestrutura do bairro reforçam sua posição como um lugar excelente para viver, trabalhar e crescer. Seja pela qualidade dos serviços de saúde, pelas oportunidades educacionais ou pelo ambiente seguro e acolhedor, Bom Retiro se destaca como um dos melhores bairros de Ipatinga para se estabelecer”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui