Fabriciano inicia vacinação contra o Covid-19; Moradores do Lar dos Idosos foram os primeiros imunizados

PUBLICIDADE

As primeiras doses da vacina contra o Covid-19 foram aplicadas na tarde dessa terça-feira, 19, no Lar dos Idosos Frederico Ozanam. É o início da imunização na cidade;  graças ao envio das doses pelo Ministério da Saúde por meio de uma grande logística montada pelo Governo de Minas com participação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

- PUBLICIDADE -
AAPI
Giganet
Sesi – Senai
Usiminas

O lote com duas mil doses desembarcou de helicóptero no campo do Social e foi entregue à Superintendência Regional de Saúde, que reteve mil doses e entregou outras mil ao município.

Luiz Cândido Rodrigues Bastos, 67, tomou a primeira dose das mãos do prefeito, Dr. Marcos Vinicius, que também é médico geriatra. Em seguida foi vacinada Ana Rita Pereira, 72. Outros 24 internos do lar foram imunizados na sequência. A cerimônia histórica e marcante foi transmitida ao vivo nas redes sociais da Prefeitura para que todos os moradores pudessem ver, e foi acompanhada de perto pelo vice-prefeito, Sadi Lucca e pelos secretários de Saúde, Ricardo Cacau e Assistência Social, Letícia Godinho.

Nesta quarta-feira, as equipes de vacinadores da Prefeitura seguirão pelos quatro cantos da cidade para imunizar os grandes idosos (pessoas acima de 75 anos) portadores de comorbidades.  Segundo o prefeito, a escolha pelos mais velhos e doentes se deve ao fato de que essas pessoas figuram entre as principais vítimas fatais do vírus.

“Esse é o nosso primeiro público-alvo priorizado. Amanhã começa um outro grupo, como pacientes renais crônicos,  pessoas com insuficiência cardíaca congestiva,   diabéticos, em tratamento de oncologia e outros”, disse. Os profissionais de saúde virão em seguida, com prioridade para os que estão na linha de frente no tratamento de pacientes infectados ou suspeitos, como os que atuam nas UTIs, Centro de Referência ao Covid e vacinadores.

De acordo com Dr. Marcos, uma lista com 890 pessoas integra o primeiro grupo a receber a vacina. O prefeito informou que nenhum idoso precisa sair de casa nesse primeiro momento, já que os agendamentos serão feitos pela secretaria de saúde via telefone e a equipe vacinadora irá de casa em casa, como fez na campanha da gripe. Dentro de 20 dias, será aplicada a segunda dose.

EMOÇÃO

Sentada numa cadeira de rodas, com olhos atentos e visivelmente emocionados, dona Ana Rita aguardou pacientemente sua vez de tomar a dose. A primeira mulher do Vale do Aço a ser imunizada contra o Covid-19, dona Ana deu entrevistas e agradeceu a Deus pelo momento. “Estou feliz e confiante que vamos vencer essa doença. Rezamos muito pela chegada da vacina e agora nós podemos comemorar”, disse.

Senhor Luiz exaltou o trabalho da administração municipal na pandemia. “Foi tudo feito com muito zelo e preocupação com a gente que é mais vulnerável. Temos que reconhecer esse mérito do governo e comemorar. Eu estou radiante”, disse. Segundo a Secretaria de Assistência Social, apenas 2 casos de contaminação ocorreram no Lar dos Idosos sem gravidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui