Horário Especial de Natal é unificado no Vale do Aço

Comércio de toda a região deve registrar grande movimentação a partir da semana que vem  Foto: Igor Silva
PUBLICIDADE

Empresas funcionarão no sábado e domingo anteriores ao dia 25; pesquisa mostra otimismo empresarial para a data 

- PUBLICIDADE -
AAPI
Copasa
Câmara Ipatinga
PMI VACINAÇÃO
Sesi – Senai
Unimed Vale do Aço
FSFX
SVA
Giganet
Usiminas

FABRICIANO – O comércio das três principais cidades do Vale do Aço funcionará no mesmo horário estendido para o Natal, expediente ampliado das lojas que terá início na semana que vem. Em Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo, dos dias 20 a 22, quarta a sexta-feira, as empresas têm autorização para abrir das 9h às 20h. No sábado (23), das 9h às 18h, enquanto no domingo (24), das 9h às 13h. Na terça-feira (26), a jornada de trabalho dos comerciários será normal: 09h às 19h.

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que definiu o Horário Especial de Natal para Fabriciano e Timóteo foi assinada no final da manhã desta quinta-feira (13). Em Ipatinga, a mesma negociação finalizou no último dia 08. 

“Unificar na região o funcionamento até mais tarde das lojas, nas vésperas da data mais importante do ano para o comércio, foi muito importante para facilitar a divulgação à população, de maneira a não confundir os consumidores”, observa José Maria Facundes, presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço.  

Para 90,6% dos empresários ouvidos pelo Sindcomércio, as vendas em 2023 serão melhores quando comparadas ao mesmo período do ano passado
Foto: Reprodução

Otimismo 

Nas últimas semanas, a entidade patronal também realizou uma pesquisa com empresários do Vale do Aço para medir as expectativas para o Natal. Questionados sobre como serão as vendas neste mês de dezembro, quando comparadas ao mesmo período do ano passado, 90,6% dos comerciantes responderam que serão melhores. Novos produtos e o chamado “valor afetivo da data” são dois dos fatores apontados pelos lojistas que justificam o otimismo.

Sobre ações para atrair os consumidores, os empresários disseram que investiram, sobretudo, na decoração de vitrines e em outros gastos para ressaltar a visibilidade da loja, além de oferecer as mais variadas formas de pagamentos e incrementar as vendas on-line.

Foto: Igor Silva

Quanto gastar?

No que diz respeito ao ticket médio, ou seja, quanto cada consumidor estará disposto a desembolsar ao ir às compras, a pesquisa apontou que este valor deve variar entre R$ 100 e 200. “Nossa expectativa é que esse seja o gasto por presente, pois quem visita as nossas lojas geralmente leva mais de um artigo, pois nunca temos uma pessoa só para presentear”, comenta Facundes.

Também de acordo com o presidente do Sindcomércio, em razão da retomada da confiança do consumidor que, conforme os últimos índices econômicos divulgados, está menos endividado, a opção de pagamento que prevalecerá nos dias que antecedem o Natal será o cartão de crédito. “84,5% dos empresários entrevistados reforçaram essa previsão, informando que, mais uma vez, as pessoas devem optar, principalmente, pelo cartão de crédito, tanto na modalidade à vista, quanto parcelada”, conclui o dirigente patronal.

Outras informações

Outras informações sobre as diretrizes do Horário Especial de Natal para Ipatinga, Fabriciano e Timóteo, estão disponíveis em www.sindcomerciova.com.br 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui