Ipatinga contrata 150 servidores de educação para cobrir profissionais com comorbidades

PUBLICIDADE

A Prefeitura Municipal de Ipatinga, via Secretaria de Educação, realizou nesta semana a contratação de 150 novos servidores para cobrir professores e profissionais com comorbidades e mais suscetíveis aos riscos de contágio pela Covid-19. Entre outras iniciativas importantes num novo estágio de retomada das aulas presenciais na rede de ensino local, a ação reforça o papel da educação como uma das prioridades do governo atual, conforme observado pela secretária da pasta, Patrícia Avelar.

 

- PUBLICIDADE -
Câmara Ipatinga
Sesi – Senai
Usiminas
Unimed Vale do Aço
SVA
Copasa
FSFX
AAPI
PMI VACINAÇÃO
Giganet

“Mais uma prova de que nossos alunos estão muito bem assistidos, tanto com relação às aulas semipresenciais como remotas, é que realizamos a contratação de profissionais qualificados para cobrirem nossos servidores que possuem algum tipo de doença. Isso evidencia ainda mais que a educação é prioridade na atual Administração”, disse. 

Educasa

A plataforma on-line Educasa bateu recorde de acessos no período de 3 a 11 de maio. O portal de estudos foi criado pela Secretaria de Educação de Ipatinga onde o corpo docente do município armazena cartilhas, videoaulas e atividades complementares para que os alunos absorvam conteúdos de ensino e desenvolvam seu aprendizado de forma remota.

Em apenas nove dias, o portal teve cerca de 10 mil acessos de alunos, pais e pessoas da comunidade interessadas nos conteúdos e atividades complementares disponibilizadas.

“A função da Secretaria de Educação é garantir aos alunos da rede municipal de ensino o direito à aprendizagem. E justamente por isso nossa equipe de coordenação pedagógica desenvolveu um programa tão completo como o Educasa. O portal tem tido grande aceitação no meio acadêmico, e o que vemos hoje são alunos e pais muito mais participativos depois de sua implantação. O que prova que na atual administração a preocupação é dar uma educação de qualidade, seja no ensino remoto ou semipresencial”, disse ainda a titular da pasta. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui