Ipatinga sedia III Seminário de Regulação e discute desafios da saúde pública

PUBLICIDADE

Objetivo central é apontar soluções para a sobrecarga dos serviços e reduzir filas de espera para procedimentos cirúrgicos e exames

- PUBLICIDADE -
AAPI
Sesi – Senai
Giganet
Usiminas
EXPO USIPA

Aconteceu nesta quarta-feira (12), no auditório do Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM), o III Seminário de Regulação. O evento, promovido pelo Departamento de Regulação da Secretaria de Saúde, reuniu autoridades, técnicos e profissionais de saúde para discutir os desafios e impactos da regulação nos 35 municípios da macrorregião do Vale do Aço.

O seminário teve o objetivo de apontar soluções para a sobrecarga dos serviços de saúde e as longas filas de espera para procedimentos cirúrgicos e exames.

A realidade enfrentada por muitos municípios, com a necessidade crescente de capacitação dos profissionais e o aumento de casos de adoecimento mental e lesões por causas externas, demanda ações conjuntas e eficazes.

“Este seminário é uma oportunidade muito importante para encontrarmos soluções que melhorem o atendimento e diminuam as dificuldades enfrentadas pela população. A regulação é essencial para garantir um acesso justo e eficaz aos serviços de saúde”, observou o secretário de Saúde de Ipatinga, Walisson Medeiros.

Durante todo o dia, participantes de diversas áreas, incluindo técnicos de secretarias de Saúde diversas, representantes da Superintendência Regional de Saúde, membros do Ministério Público e prestadores de serviços, discutiram protocolos de regulação e orientações sobre fluxos de assistência. O objetivo foi subsidiar ações de planejamento, controle, avaliação e auditoria em saúde.

Além das discussões teóricas, o evento destacou casos de sucesso na regulação, apresentando mecanismos que se mostraram eficazes e que podem ser replicados em outros municípios. Essas práticas exitosas são fundamentais para a implementação de estratégias que melhorem a eficiência e a qualidade dos serviços de saúde na região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui