O 12º DEPARTAMENTO DE POLÍCIA CIVIL DIVULGA DADOS REFERENTES AOS ANOS DE 2020 A 2023

PUBLICIDADE

Levantamentos promovidos pelo 12º Departamento de Polícia Civil de Ipatinga apontam que entre os anos de 2020 a 2023 foram instaurados 60.831 Inquéritos Policiais, incluindo os instaurados por portarias e autuações em flagrante, culminando no indiciamento de 59.680 pessoas, isso em toda a área do Departamento, sendo 97 (noventa e sete) municípios, 27 (vinte e sete) comarcas e 06 (seis) Delegacias Regionais.

Com relação aos crimes de menor potencial ofensivo, regidos pela Lei 9.099/95, verifica-se que no ano de 2020 foram instaurados 13.772 procedimentos, e, nos anos seguintes, os números apresentaram quedas sucessivas, sendo registrados em 2021, 9.991 procedimentos, e, em 2022 e 2023, 6.508 e 4.859 procedimentos, respectivamente. Segundo o chefe de Departamento, Delegado Gilmaro Alves Ferreira, essa queda nos números dos TOCs da PCMG se justifica vez que a Polícia Militar passou a realizar Termos Circunstanciados de Ocorrências e esses números são apenas os registrados pela Polícia Civil.

- PUBLICIDADE -
Usiminas
SVA
PMI VACINAÇÃO
Sesi – Senai
Giganet
FSFX
Copasa
Unimed Vale do Aço
AAPI
Câmara Ipatinga

Os levantamentos também mostram que houve aumento dos registros de Boletins de Ocorrência Circunstanciados (que são procedimentos envolvendo menores infratores) no ano de 2023, mudando a direção da reta gráfica que apontava queda consecutiva nos anos anteriores. De outro modo, o gráfico das Medidas Protetivas de Urgência (previstas na Lei Maria da Penha), que vinha indicando um aumento crescente de 2020 a 2022, apresentou uma queda de 14.44% no ano de 2023 em relação ao ano anterior, com 3.341 registros.

Ao analisar os procedimentos que necessitam de representação pela Autoridade Policial, como as Buscas e Apreensões, quebras de sigilo, sequestros de bens, e, as prisões preventivas e temporárias, observam-se o aumento dessas diligências, sendo que no ano de 2023, juntas totalizaram 2.602 representações, número muito superior em relação ao ano de 2020, quando foram realizadas 349 representações, o que reflete o empenho, cada vez maior, nas atuações e investigações da polícia judiciária, bem como o crescimentos de operações policiais na área do 12º Departamento de Polícia.

Segundo o Delegado Gilmaro Alves, a colocação destes e outros números, conforme ocorreram durante todo o ano de 2023, à sociedade, são importantes para deixar transparentes as prestações de serviços por parte da PCMG, bem como para elaboração de políticas públicas visando à melhoria e aprimoramento dos serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui