Operação tapa-buracos é retomada em Ipatinga

PUBLICIDADE

Equipes mobilizadas somam 140 atendimentos por dia. Somente no último mês, foram realizadas 3.220 correções em pistas asfaltadas.

 buracos

- PUBLICIDADE -
Sesi – Senai
AAPI
Giganet
EXPO USIPA
Usiminas

A operação tapa-buracos foi retomada em ritmo intenso em Ipatinga, com foco principalmente no caráter preventivo em relação ao período chuvoso, quando as pistas asfálticas desgastadas pelo longo tempo de uso tendem a ser mais afetadas. Conforme a Secretaria de Obras de Ipatinga, a malha viária da cidade tem pavimentação muito antiga, com mais de 50 anos de uso, e a precariedade das pistas foi agravada pela falta de manutenção nas gestões anteriores.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), nesta terça-feira (5), os trabalhos seguem sendo realizados nos bairros Veneza e Bethânia, e durante a semana os bairros Forquilha, Vila Celeste e Vila Militar também serão atendidos. Nos últimos 30 dias houve atuação das equipes mobilizadas em 22 bairros, nas mais diversas regiões da cidade. 

Os trabalhos estiveram paralisados por certo tempo devido a negociações do governo com a empresa executora. Contudo, após a retomada das ações, a média tem sido de 140 atendimentos a cada dia. Ao longo do mês de novembro, foram realizadas 3.220 correções em pistas asfaltadas.

Ainda de acordo com a Semop, quatro equipes atuam simultaneamente nos reparos das vias, sendo que em 23 dias foram aplicadas 920 toneladas de asfalto, em atendimento às necessidades de serviços em vários bairros da cidade. 

“Os levantamentos dos atendimentos são feitos com base em estudos técnicos do governo municipal, atendendo a demandas apresentadas pela população”, destacou Rafael Bueno, secretário-adjunto de Obras Públicas.

Qualquer munícipe pode colaborar com a indicação de pontos críticos através do telefone da Ouvidoria, 156 ou pelo aplicativo que “Fala Ipatinga!” que está disponível para download tanto em dispositivos Android quanto iOS. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui